0

Ricardo Rocha não descarta negociar Militão com o Porto

22 mar 2018
13h00
atualizado às 13h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos titulares absolutos do São Paulo na temporada, Éder Militão pode ser mais uma cria da base de Cotia a passar rapidamente pelo profissional antes de se transferir para o futebol europeu. Versátil, podendo atuar como zagueiro, volante e, recentemente, lateral-direito, o jovem possui contrato com o Tricolor apenas até janeiro de 2019 e a diretoria corre para concretizar a renovação.

Nos últimos dias, a imprensa portuguesa revelou um possível interesse do Porto em contar com Militão, que pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir do meio deste ano. Nesta quinta-feira, o nome do titular voltou aos noticiários europeus com uma entrevista de Ricardo Rocha ao jornal A Bola, onde não descartou a possibilidade de vendê-lo.

"Até ao momento, não houve qualquer proposta oficial, mas se for coisa interessante para o São Paulo, porque não?", disse o coordenador de futebol do São Paulo e ex-jogador do clube.

A alternativa de vender o jogador de 20 anos pode se tornar a única do São Paulo caso não consiga renovar o vínculo. Nesse cenário, o Porto aposta na aquisição gratuita ao fim do contrato ou em um negócio feito com baixo custo, justamente pela situação que o jogador está envolvido nos bastidores do Morumbi.

Éder Militão foi promovido ao elenco profissional na última temporada por Rogério Ceni e ganhou algumas oportunidades com o ex-goleiro. A titularidade, porém, foi conquistada apenas com Dorival Júnior, atuando em uma posição nova até então: na lateral. Nesta temporada, já disputou 16 partidas e marcou um gol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade