0

Reus e Goretzka projetam "jogo quente" contra a Holanda

22 mar 2019
15h37
  • separator
  • comentários

Neste domingo, a Alemanha terá seu segundo compromisso de 2019, certamente o mais complicado até agora. Às 16h45 (de Brasília), a tetracampeã mundial visita a poderosa Holanda em Amsterdã, no estádio do Ajax, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020.

A principal preocupação dos alemães é a forte defesa da Holanda, comandada por Virgil Van Dijk, zagueiro do Liverpool. Para o meia Marco Reus, a equipe precisa de velocidade no ataque. "Eles marcam individualmente. Precisamos criar espaços com passes rápidos atacando e tentar finalizar de longe", disse o meia em coletiva.

Reus também cobrou solidez na defesa, que não conta mais com os veteranos Mats Hummels e Jérôme Boateng, que estão fora dos planos do técnico Joachim Low. "Precisamos ser rápidos no contra-ataque e firmes na defesa. Se conseguirmos fazer isso, estou confiante de que vamos vencer o jogo".

O meio-campista Leon Goretzka destacou a importância do confronto entre Alemanha e Holanda, que disputaram a final da Copa do Mundo de 1974. "Enfrentar a Holanda é sempre especial, então certamente vamos estar prontos. Com certeza será um jogo quente".

Goretzka, de 24 anos, também falou sobre seu papel como um dos principais jogadores da renovada seleção alemã. "A base necessária para ser um líder é o desempenho em campo. Só assim você pode liderar o time de verdade. Vou continuar trabalhando duro para ter essa liderança".

Enquanto a Alemanha tenta sua primeira vitória no ano, depois de empatar por 1 a 1 com a Sérvia em amistoso, a Holanda quer manter os 100% de aproveitamento. A Laranja Mecânica venceu a Bielorrússia por 4 a 0 na última quinta-feira, única partida da equipe em 2019. A Holanda lidera o Grupo C das eliminatórias para a Euro-2020 com três pontos, enquanto a Alemanha, que ainda não entrou em campo, é terceira colocada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade