0

Renato dá méritos ao Aimoré pelo empate do Grêmio em São Leopoldo

Equipes ficaram no 1 a 1, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Gaúcho

23 jan 2019
23h46
atualizado às 23h46
  • separator
  • comentários

Com tranquilidade e um estilo irônico, Renato Gaúcho não se mostrou decepcionado com o empate do Grêmio com o Aimoré, por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Cristo Rei. Mesmo perdendo dois pontos, o time terminou o dia como líder do Campeonato Gaúcho, com quatro, ao lado do próprio time da casa e do Caxias. O Grêmio é o primeiro pelo saldo de gols.

"Acho tudo normal, porque é início de temporada e os times do interior estão mais bem preparados. Gostei muito do meu time, principalmente no primeiro tempo. Mas temos que dar méritos ao adversário, que se entregou e dificultou nossas ações", resumiu Renato.

O técnico também voltou a falar dos jogadores mais jovens, que têm sido utilizados neste início do Gaúcho. "Todos vão ter oportunidades comigo. Mas cabe a cada um aproveitar. Nós criamos muitas chances de gols no primeiro tempo e poderíamos ter liquidado o jogo. Depois sofremos o empate numa falha nossa (gol de falta) e o jogo saiu de nossas mãos. Mas isso acontece. Nós vamos ganhar e perder na competição".

Entre os novatos, Pepê foi bem marcado, Jean Pyerre voltou a ser perfeito nos passes e o garoto Vico parece ter se assustado com a responsabilidade de atuar como titular no ataque.

Renato lembrou as más condições do gramado, a fraca iluminação e citou as poucas acomodações dos vestiários. Ele mesmo passou o jogo sentado numa cadeira de madeira à beira do campo porque o banco de reserva era pequeno. "Gauchão é isso mesmo. Não podemos dar desculpas. Hoje o adversário lutou muito e mereceu o empate", concluiu.

Nesta quinta-feira, os titulares farão um jogo-treino contra o Ipiranga, de Erechim, já que o Grêmio só volta a campo na próxima segunda-feira, quando vai receber o Juventude pela terceira rodada do Estadual. Será a estreia do time em casa, porque na primeira rodada também atuou no interior e goleou o Novo Hamburgo, por 4 a 0.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade