3 eventos ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Real Madrid inicia nova era e confia no tetra da Liga dos Campeões

Sem Zidane e Cristiano Ronaldo, time estreia contra a Roma, no Santiago Bernabéu

19 set 2018
11h56
atualizado às 11h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Maior vencedor da história da Liga dos Campeões, com 13 taças, sendo três delas nos últimos três anos, o Real Madrid abre a sua campanha em busca de um histórico tetracampeonato europeu, às 16h (de Brasília), contra a Roma, no Santiago Bernabéu.

Trata-se do início de uma nova era para o clube, pois será a primeira vez que o time espanhol disputará o torneio após as saídas de Cristiano Ronaldo, decisivo com muitos gols nas campanhas de todas as últimas conquistas da competição, e Zinedine Zidane, o treinador que fez história com três títulos continentais consecutivos.

O astro português foi para a Juventus após a temporada passada e o Real passou a ser dirigido por Julen Lopetegui, contratado como substituto do técnico francês após o surpreendente pedido de demissão do ídolo dias após o tricampeonato.

Em entrevista coletiva, o novo comandante exibiu confiança de que poderá buscar o tetra. "Começamos a Champions com muito entusiasmo por uma competição que não preciso explicar o que significa para nós e o que o Real Madrid significa para a Liga dos Campeões", afirmou, para depois comentar que não adianta mais o clube lamentar a saída de Ronaldo. "Somente nos concentramos em nosso elenco, que nos encanta e está preparado para lutar por todos os títulos. Estamos convencidos de que vamos fazer uma grande jornada em todas as competições", ressaltou.

O meia-atacante Vinicius Júnior ficou fora da lista de relacionados pelo técnico espanhol Julen Lopetegui para a estreia do Real Madrid na Liga dos Campeões, que acontecerá nesta quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu.

O ex-Flamengo treinou nos últimos dias com o time principal, mas acabou caindo do grupo de 19 jogadores que vão inicialmente para o jogo, seja como titular ou como reserva - um deles, provavelmente, um goleiro, será cortado.

Cristiano Ronaldo

O atacante português também fará a sua estreia na Liga dos Campeões pela Juventus, às 16h (de Brasília), contra o Valencia, na Espanha, após ter finalmente desencantado com os seus primeiros gols pelo clube de Turim no último domingo, quando marcou duas vezes e garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o Sassuolo em duelo válido pelo Campeonato Italiano.

Porém, quem acabou chegando em solo espanhol ontem como o centro das atenções foi o meia-atacante brasileiro Douglas Costa, suspenso por quatro partidas na Itália por ter cuspido em um jogador do Sassuolo. O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, disse ontem que aceitou o pedido de desculpas feito pelo jogador e pediu que "não o crucifiquem".

O comandante qualificou a atitude polêmica de Douglas Costa como um raro "apagão" e acredita que isso não vai mais ocorrer, até pela própria característica do jogador, que costuma ser calmo em campo.

"Estamos perto de Douglas, um menino de ouro, que sempre se comportou bem e perdeu a cabeça por um momento. Ele sabe que estava errado, pediu desculpas e vai pagar isso como deveria ser, mas não deve ser crucificado", afirmou.

Outras estreias. Mais três gigantes fazem suas estreias na Liga dos Campeões. Pelo mesmo Grupo H da Juventus, o Manchester United enfrenta o Young Boys, às 16h, na Suíça. No mesmo horário, o Bayern de Munique terá pela frente o Benfica, em Portugal, pelo Grupo E, e o Manchester City, sem poder contar com o suspenso Guardiola, recebe o Lyon na Inglaterra pelo Grupo F. /com EFE

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade