0

Raiola diz que Milan ameaçou truncar carreira de Donnarumma por renovação

19 jun 2017
12h11
  • separator
  • comentários

O empresário do goleiro Gianluigi Donnarumma, Mino Raiola, afirmou que seu cliente recebeu ameaças por parte da diretoria do Milan de ter a carreira dentro do futebol prejudicada caso não renovasse contrato com o clube 'rossonero' e destacou que esse foi o motivo para o jovem jogador ter decidido deixar a equipe.

"Foi a atitude dos diretores durante as negociações. O Milan ameaçou Donnarumma de amarrar sua carreira se ele não renovasse", disse Raiola em entrevista concedida em Mônaco na noite deste domingo.

"Não acredito que esta seja a melhor política se um clube quer que um jogador renove contrato", acrescentou o empresário, que na última quinta deu por encerradas as negociações para prorrogação do vínculo de Donnarumma, com duração até junho de 2018.

O arqueiro de 18 anos, que está na Polônia para a disputa do Europeu Sub-21, é um dos jovens de maior potencial do futebol mundial e é pretendido por grandes clubes do Velho Continentel, com destaque para o Real Madrid. Entretanto, Raiola garantiu que não há negociações em andamento.

"Ainda não falei com nenhum clube por Donnarumma, não temos nenhum acordo e não começaremos a procurar uma nova equipe para ele em breve. Se o Milan me procurar, tenho a obrigação de escutar porque eles são os donos dos direitos do jogador", explicou.

A notícia da ruptura entre o goleiro e o Milan gerou polêmica entre os torcedores do clube de Milão, que atiraram dinheiro falso no gramado durante a partida entre Itália e Dinamarca, neste domingo, e apelidaram o atleta de 'Dollarumma'.

"Assumo 100% da responsabilidade desta ruptura, mas hoje Gigio também tem consciência que é a melhor decisão. Sobretudo pela atitude dos dirigentes com ele", argumentou.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade