0

Raí diz que não 'troca o São Paulo por nada' e rebate presidente do Corinthians

Diretor do São Paulo nega ter se oferecido para cargo na CBF

16 jul 2019
18h57
atualizado às 18h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O diretor-executivo de futebol do São Paulo, Raí, rebateu nesta terça-feira o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Na última segunda à noite, o mandatário alvinegro disse que o dirigente tricolor havia se oferecido para a vaga de Edu Gaspar no cargo de coordenador técnico da seleção brasileira na CBF.

"Primeiro, é lamentável ter de vir aqui falar sobre uma declaração do Andrés. Mas, em respeito à torcida do São Paulo... Todo mundo sabe que não sou de largar desafios no meio. Segundo, não troco o São Paulo por nada. Terceiro, se ele está falando de mim e do São Paulo, está preocupado com a gente. E, para terminar, todo mundo sabe que ele tem coisas mais graves para cuidar", afirmou Raí.

As declarações de Andrés foram na noite de segunda-feira, em entrevista ao canal Fox Sports. Durante o programa, o presidente corintiano afirmou: "Ele estava pedindo, telefonando, para vir para a CBF no lugar do Edu. Falta de respeito com o torcedor do São Paulo, com o presidente do São Paulo. Antes do Juninho Paulista, ele ligava para a CBF para ficar no lugar do Edu. Falta de respeito com o São Paulo com a instituição do São Paulo, com o presidente, que segura ele lá. Todo mundo sabe, é que vocês não são bem informados".

Após as declarações de Andrés, Raí convocou a imprensa para um breve proncunciamento no CT da Barra Funda, onde o elenco são-paulino treinou na tarde desta terça-feira. Edu Gaspar deixou a CBF para trabalhar no Arsenal, da Inglaterra. Ele foi substituído por Juninho Paulista.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade