4 eventos ao vivo

Presidente do Santos estipula preço e diz que ainda não vendeu Rodrygo

7 jun 2018
23h37
atualizado às 23h37
  • separator
  • comentários

O presidente do Santos, José Carlos Peres, garante que ainda não vendeu Rodrygo. O Real Madrid está à frente pelo atacante. O Barcelona também tem interesse.

Peres afirma que o objetivo é negociar o jogador de 17 anos pelo valor da multa rescisória - 50 milhões de euros (R$ 230 milhões). O Peixe teria direito a 80% - 40 milhões de euros (R$ 184 milhões).

"Sobre o Rodrygo, não foi fechado negócio. Estamos com várias propostas. Jornal cada dia fala que foi para um. PSG, Real, Barça, Dortmund… Tem multa e 80% dos direitos. Pagando a multa de 40 milhões de euros (ao Santos), não tem o que fazer. É o caminho que estamos seguindo. Queremos atualizar para 100 milhões de euros nos meninos da base e mudando patamar (da multa). Hoje, infelizmente, temos Rodrygo que tem patamar de 50. Dá para o Santos respirar, pagar parte da dívida e ter time mais forte. Não advogo para ser vendido, só digo que há propostas. Se aparecer e pagar multa, seremos obrigados a liberar", disse o presidente, em reunião do Conselho Deliberativo nesta quinta-feira, na Vila Belmiro.

O Comitê de Gestão do Santos irá analisar as propostas recebidas. A ideia é garantir a venda, receber à vista e "entregá-lo" apenas em dezembro de 2019. O raio só pode sair a partir de janeiro, quando completa 18 anos.

Titular absoluto do Peixe, o jovem chama a atenção do futebol europeu. São 9 gols em 28 jogos na temporada. Ele foi promovido ao elenco profissional em outubro de 2017.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade