0

Presidente do River pede festa com respeito e já pensa no Mundial

Equipe pode enfrentar o Real Madrid em eventual decisão do torneio

9 dez 2018
22h05
  • separator
  • comentários

O presidente do River Plate, Rodolfo D'Onofrio, pediu à torcida que faça a merecida festa pelo título da Copa Libertadores, conquistado neste domingo em Madri, mas sem perder o respeito pelos adversários. O dirigente teme novos problemas entre a torcida do seu time e a do Boca Juniors.

"Tenham cuidado! Que Buenos Aires seja uma festa, mas respeitem os adversário. Ganhamos o campeonato, mas a vida segue", disse o dirigente, em entrevista ao canal Fox Sports. A segurança foi tema constante nesta final da Libertadores, que acabou sendo disputada na Espanha justamente por motivos de violência.

A segunda partida da final foi realizada somente neste domingo porque, na data inicialmente marcada (24 de novembro), torcedores do River apedrejaram o ônibus do Boca Juniors e deixaram dois jogadores machucados. As lesões acabaram por adiar a finalíssima. E a Conmebol decidiu transferir a partida decisiva para fora da Argentina. Escolheu o estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid, para receber o duelo.

D'Onofrio lamentou a ausência da maior parte da torcida do River para celebrar o título em Madri. "Os jogadores são muito responsáveis. Estavam muito bem, mas sentiram, claro, uma dor muito grande, pelos torcedores que não puderam ver a partida no estádio", declarou o mandatário do clube de Buenos Aires.

O presidente do River afirmou que, logo após a festa deste domingo, vai começar a pensar no Mundial de Clubes da Fifa, torneio que jogará por ter sido campeão da Libertadores. "Primeiro, vamos desfrutar aqui em Madri e viajaremos nesta semana para enfrentar grandes equipes no Mundial. Temos uma admiração muito grande ao Real Madrid, que pode ser nosso adversário."

O time argentino vai estrear no dia 18 no Mundial, que será disputado nos Emirados Árabes Unidos. O torneio será realizado entre os dias 12 e 22 de dezembro.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade