PUBLICIDADE

Prefeitura do Rio projeta 50% de público a partir de setembro apenas para torcedores vacinados

Plano é que os clubes possam receber 100% do público nos estádios já em outubro; projeto faz parte do plano do fim das restrições da pandemia da Covid-19

29 jul 2021 16h26
| atualizado às 17h08
ver comentários
Publicidade

A Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou, nesta quinta-feira, que os estádios da cidade poderão voltar a receber público a partir do dia 2 de setembro. No primeiro momento, apenas 50% da capacidade será liberada para torcedores vacinados contra a Covid-19 com as duas doses ou a dose única. Em outubro, a expectativa é de 100% liberado nas mesmas condições.

Maracanã recebeu público na final da Copa América (Foto: Reprodução / Twitter: Maracanã)
Maracanã recebeu público na final da Copa América (Foto: Reprodução / Twitter: Maracanã)
Foto: Lance!

Além da vacinação completa, o torcedor deverá usar máscara e álcool em gel. De acordo com o plano do fim das restrições no Rio, a previsão é que em 15 de novembro a população tenha a máscara obrigatória apenas em transporte público e estabelecimentos de saúde e livre circulação sem necessidade de distanciamento.

A checagem da vacinação será feita por fiscais da vigilância sanitária através do aplicativo ConecSus do Ministério da Saúde. Vale lembrar que para a entrada nas finais da Libertadores e da Copa América, únicas situações em que o Maracanã recebeu público desde março de 2020, foi necessário apenas o teste PCR negativo.

Na primeira etapa, com 50% do público, a reabertura depende de 77% dos cariocas já terem recebido a primeira dose da vacina contra a Covid e 45%, a segunda dose.

- Se houver necessidade, se o secretário de Saúde chegar para mim um dia e falar que não dá porque aumentou ou chegou uma nova variante, imediatamente a gente interrompe qualquer processo de abertura e pode impor novas medidas restritivas (...) Tudo indica, nesse momento, os dados, internações, óbitos, que a gente vive um momento melhor. Não é um momento ideal ainda, por isso as restrições continuam e a abertura é gradual - afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Confira abaixo como será a reabertura:

2/09

- Liberação de eventos em ambientes abertos. Requisitos: Máscara e álcool em gel

- Permissão de público com esquema vacinal completo em estádios (50% da capacidade). Requisitos: Vacina completa, máscara e álcool em gel.

- Permissão de público com esquema vacinal completo em danceterias, boates, casas de show e festas em locais fechados (50% da capacidade). Requisitos: vacina completa, máscara e álcool em gel.

17/10

- Permissão de público com esquema vacinal completo em estádios (100% da capacidade). Requisitos: vacina completa, máscara e álcool em gel.

- Permissão de público com esquema vacinal completo em danceterias, boates, casas de show e festas em locais fechados (100% da capacidade). Requisitos: vacina completa, máscara e álcool em gel.

15/11

- Uso de máscara obrigatório apenas em transporte público e estabelecimentos de saúde.

- Livre circulação, sem restrição e capacidade de distanciamento.

Lance!
Publicidade
Publicidade