1 evento ao vivo

Pratto mantém alerta no São Paulo e cita tabela: "Estão todos perto"

5 out 2017
08h03
  • separator
  • comentários

Apesar de o São Paulo ter finalmente deixado a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro após a vitória sobre o Sport na última rodada, o centroavante Lucas Pratto segue em estado de alerta. O receio do argentino se baseia na pequena diferença de pontuação entre as equipes da parte de baixo da tabela.

"Estamos mais tranquilos. Sabíamos que seria uma partida muito importante porque depois teríamos dez dias sem jogo. Era o jogo para sair dessa zona. Hoje o clima obviamente é diferente, é bom. Mas temos de lembrar que só estamos a um ponto fora e temos de continuar trabalhando para subir na tabela", avaliou o camisa 9, que amarga um jejum de dez jogos sem marcar gols.

Para efeito de comparação, apenas quatro pontos separam o Atlético-PR (34), oitavo colocado, do Sport (30), que ocupa o 17º lugar e é o primeiro time dentro do grupo de descenso. O São Paulo figura na 14ª posição, com 31 pontos. Por isso, um eventual deslize pode levar o Tricolor de volta à estaca zero.

"O campeonato está muito estranho, nunca tinha visto isso. Às vezes você não sabe o que pensar em uma liga tão competitiva. Os que estão embaixo estão todos perto. São dez, 12 times com três pontos de diferença. Conseguimos respirar um pouco, mas precisamos de muitos resultados para ficar numa posição mais tranquila", sustentou o argentino, antes de ponderar.

"E também é bom para a gente que tenham vários times brigando, porque quando você briga só com dois, três, fica mais difícil", considerou. Para o centroavante, contudo, não foi só o clima que mudou no São Paulo: dentro de campo, o time, que ostenta uma invencibilidade de quatro jogos, tem evoluído.

"A nível futebolístico melhorou muito. O time está muito mais sólido. Baseado nisso, acho que podemos conseguir resultados muito melhores, mas sabendo que precisamos de pontos importantes para alcançar uma zona mais tranquila", reiterou.

O próximo compromisso do São Paulo é o duelo contra o Atlético-MG, ex-clube de Pratto, no dia 11 de outubro, em Belo Horizonte. Vencendo a equipe agora comandada por Oswaldo de Oliveira, o Tricolor ultrapassa o rival na tabela de classificação e se afasta ainda mais da zona de rebaixamento.

"Tenho muito carinho pelo Galo. Todos sabem que mudaram de treinador e já conseguiram um grande resultado fora de casa, contra um time difícil (Atlético-PR). O Independência é um estádio onde a torcida é um jogador a mais, a equipe se sente muito confortável, mas dos últimos cinco, seis anos, este é o pior do Galo como mandante. Temos de aproveitar isso", ressaltou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade