5 eventos ao vivo

Ponte vence, se aproxima do G-4 e deixa São Bento perto da zona da degola

Júnior Santos fez os dois gols da vitória da equipe de Campinas; com a vitória, o time está a um ponto do quarto colocado

14 jul 2018
21h56
atualizado às 21h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Com dois gols de Júnior Santos, a Ponte Preta superou a grande atuação do goleiro Rodrigo Viana e venceu o São Bento pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite deste sábado, no estádio Walter Ribeiro, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo marcou a estreia do técnico Marquinhos Santos, pelo lado do time sorocabano.

Com o resultado, o time campineiro engatou a terceira vitória consecutiva e se aproximou do G4. A Ponte Preta tem 24 pontos, em sexto lugar, contra 25 do Avaí, quarto colocado. O São Bento, por outro lado, conheceu sua quarta derrota seguida e caiu para a 16ª posição, com 17. Abrindo a zona de rebaixamento, o Sampaio Corrêa tem 15, mas com um jogo a menos.

Após um início equilibrado, a Ponte Preta começou a dominar as ações e criar as principais oportunidades de gol, mas encontrou um goleiro Rodrigo Viana inspirado. Ele fez uma grande defesa logo aos 24 minutos, na tentativa de Júnior Santos, dentro da pequena área.

O goleiro evitou uma goleada por parte do visitante no primeiro tempo. Rodrigo Viana voltou a brilhar aos 30, quando pegou um chute à queima-roupa de André Luís. Só que a boa atuação acabou apagada por Júnior Santos. O atacante também estava inspirado e acabou se transformando no destaque da partida.

Aos 38 minutos, Júnior Santos recebeu pela lado direito de campo e chutou cruzado para abrir o marcador. A bola bateu na trave antes de parar no fundo das redes, evitando qualquer reação por parte do São Bento.

No segundo tempo, o São Bento voltou com duas mudanças, mas foi a Ponte Preta que chegou ao gol. Aos nove minutos, em mais um contra-ataque do time campineiro, Igor achou Júnior Santos dentro da área. O atacante apenas empurrou a bola para redes para fazer 2 a 0.

A pressão da Ponte continuou, mas Rodrigo Viana estava lá para evitar um placar mais elástico. Ele fez outra bela defesa, desta vez, no voleio de Danilo Barcelos. Ivan respondeu à altura ao operar um milagre no chute de Paulinho, a melhor chance do São Bento até então.

Com a vitória praticamente assegurada, a Ponte Preta fechou a casinha e deu a bola para o São Bento. O time campineiro foi administrando o resultado e acabou conquistando um grande resultado fora de casa.

Na próxima rodada, o São Bento visita o Coritiba no sábado, às 16h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). No mesmo dia, às 19 horas, a Ponte Preta visita o lanterna Boa no Estádio do Melão, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO 0 x 2 PONTE PRETA

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Tony (Ronaldo), Luizão, Douglas Assis e Paulinho (João Vitor); Fábio Bahia, Doriva, Everaldo e Maicon Souza (Cléo Silva); Marcelinho (Celsinho) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos.

PONTE PRETA - Ivan; Igor Vinícius, Léo Santos, Renan Fonseca e Ruan; Nathan, João Vitor (Paulinho), Tiago Real (Murilo Henrique, depois Neto Costa), André Luís e Danilo Barcelos; Júnior Santos. Técnico: João Brigatti.

GOL - Júnior Santos, aos 38 minutos do primeiro tempo. Júnior Santos, aos oito minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Henal, Tony e Paulinho (São Bento); André Luis e André Castro (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA - R$ 39.245,00.

PÚBLICO - 2.446 pagantes.

LOCAL - Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade