1 evento ao vivo

Ponte Preta empata com o Ituano em casa e Jorginho segue sem vencer

Jogando em casa, no Moisés Lucarelli, equipe de Campinas continua sem vitórias sob comando do novo técnico, contratado no começo do mês

24 fev 2019
19h49
  • separator
  • comentários

A Ponte Preta segue sem vencer sob o comando de Jorginho. Neste domingo, o time campineiro não saiu de um empate por 1 a 1 contra o Ituano, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O empate manteve a equipe campineira mais longe da zona de classificação às quartas de final do Paulistão. A Ponte é a terceira colocada do Grupo A, com dez pontos, cinco atrás do Red Bull. O Ituano, por outro lado, se manteve na briga pela vaga em segundo lugar no Grupo D, com 11.

Jorginho assumiu o cargo na última semana. Em três jogos, foram dois empates e uma derrota, para a Aparecidense, por 1 a 0, justamente na partida que eliminou a equipe de Campinas da Copa do Brasil - o duelo acabou sendo anulado pelo STJD na sexta-feira.

O JOGO - Repetindo a escalação pela primeira vez na temporada, a Ponte começou adiantada e obrigou o goleiro Pegorari a fazer a defesa em finalização de Gerson Magrão após roubada de bola no campo de ataque. Tentando manter o ritmo, a Ponte criou outra oportunidade, desta vez com Thalles. O centroavante recebeu de Matheus Vargas dentro da área, mas finalizou fraco, em cima do goleiro do Ituano.

Os visitantes não deixaram barato e responderam logo em seguida. Após linda troca de passes, Serrato deixou Corrêa na cara do gol. Ivan, no entanto, saiu bem para abafar a finalização. O jogo seguiu aberto com os times trocando subidas perigosas.

Quem conseguiu aproveitar os espaços melhor e abriu o placar foi a Ponte Preta. Aos 34 minutos, Matheus Vargas ajeitou na entrada da área e finalizou colocado, no ângulo de Pegorari. A curiosidade do gol foi que pouco antes, o camisa 10 havia ido ao banco de reservas reclamar de dores. Dois jogadores chegaram a aquecer, mas o meia se manteve em campo e marcou. Antes do intervalo, Jonas ainda exigiu grande defesa de Ivan, em chute de fora da área.

De tanto insistir, o Ituano buscou o empate no início do segundo tempo. Aos seis minutos, Morato dançou na frente da marcação e finalizou forte. Ivan espalmou para dentro da área e Martinelli completou para o gol após o rebote.

Com o empate, o Ituano recuou em busca de um contra-ataque para decidir o jogo. A Ponte, por outro lado, se abriu, mandando a campo uma série de atacantes. Matheus Oliveira, que saiu do banco de reservas, foi quem mais levou perigo. O meia finalizou cruzado, forte, e exigiu grande defesa de Pegorari. No final, os donos da casa pressionaram, colocando bolas na área adversária, mas o empate se manteve.

O Ituano volta a campo para enfrentar o Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo. Na segunda-feira de carnaval, dia 4, a Ponte Preta recebe o Botafogo, às 20 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 1 x 1 ITUANO

PONTE PRETA - Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Edson (Lyncon), Gerson Magrão, Tiago Real e Matheus Vargas; Hugo Cabral (Matheus Oliveira) e Thalles (Marlyson). Técnico: Jorginho.

ITUANO - Pegorari; Jonas, Léo Santos, Ricardo Silva e Salomão; Corrêa, Baralhas e Marcos Serrato (Bassani); Martinelli, Morato (Marcelinho) e Gui Mendes (Ramon). Técnico: Vinícius Bergantin.

GOLS - Matheus Vargas, aos 34 minutos do primeiro tempo e Martinelli, aos seis minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson, Gerson Magrão, Matheus Vargas e Ivan (Ponte Preta); Salomão, Corrêa, Morato, Baralhas e Ricardo Silva (Ituano).

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez.

RENDA - R$ 47.545,00.

PÚBLICO - 2.390 pagantes (2.681 no total).

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade