0

Paraná Clube goleia o Guarani em pleno Brinco de Ouro

19 set 2017
23h22
atualizado às 23h22
  • separator
  • comentários

Com uma grande apresentação no primeiro tempo, o Paraná Clube bateu o Guarani por 4 a 0, em pleno Brinco de Ouro, em Campinas, e segue subindo na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 43 pontos, na terceira colocação, consolidado no G4. Já o Bugre, com 33 pontos, ocupa a 11ª colocação.

A equipe paranista começou com tudo e, aos seis minutos do primeiro tempo, aproveitando falha defensiva, João Pedro abriu a contagem. Aos 12 minutos, cobrando pênalti, Renatinho ampliou a vantagem. De cabeça, aso 39 minutos, Maidana fez o terceiro. Depois do intervalo, Cristovam, aos cinco minutos, fez mais um.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Paysandu, sábado, no estádio Mangueirão, em Belém. Já o Paraná recebe o Náutico, no mesmo dia, na Vila Capanema, em Curitiba.

O jogo - O Tricolor começou bem a partida, tentando pressionar os donos da casa. E o gol não tardou a acontecer. Aos seis minutos, confusão e pane na defesa bugrina e a bola sobrou para João Pedro ter apenas o trabalho de empurrar para as redes. Aos 11 minutos, lançamento para João Pedro e Richarlyson deu o carrinho para cometer a falta. O árbitro anotou pênalti. Na cobrança, Renatinho ampliou o placar.

Com o segundo gol, o Guarani tentou entrar para o jogo, mas deixava muitos espaços para o contra-ataque. Aos 20 minutos, Renatinho chegou em velocidade e cruzou fechado para saída precisa de Vágner. Logo aos 24 minutos, Marcelo Cabo, para protesto da torcida, tirou Betinho para a entrada do atacante Eleandro. Aos 26 minutos, Gabriel Leite ajeitou para Eleandro, que bateu de primeira para defesa Richard.

O Bugre chegava mais, porém, sem qualidade. Aos 35 minutos, Fumagalli arriscou o chute de fora da área e isolou a bola. A resposta, entretanto, foi fatal. Aos 39 minutos, cruzamento na medida para Iago Maidana desviar de cabeça e fazer o terceiro do Paraná. Já nos acréscimos, Renatinho invadiu a área e chutou para grande defesa de Vágner.

Para a etapa final, nenhum anova mudança nas duas equipes. Virou goleada logo aos cinco minutos, com Cristovam, que tentou cruzar e viu a bola desviar na zaga e entrar. Com maior posse de bola, o Guarani, não conseguia passar da intermediara. Nas arquibancadas, a torcida pegava no pé de alguns atletas, especialmente de Richarlyson.

Em cobrança de falta, Fumagalli acertou a rede, aos 20 minutos, mas pelo lado de fora. Aos 24 minutos, Denner mandou um petardo, Richard soltou nos pés de Eleandro, que conseguiu perder a melhor chance paulista. O Tricolor da Vila, já satisfeito, deixava o tempo passar, sem passar por maiores dificuldades. Aos 32 minutos, lançamento para Robson, que parou em grande defesa de Vagner. De muito longe, Nazário tentou mais um chute e parou nas mãos de Richard, atento. O time paranista não deu espaço para o adversário e aproveitou com competência suas oportunidades, especialmente no primeiro tempo, para arrancar um grande resultado fora de casa.

GUARANI 0 X 4 PARANÁ

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

Data: 19 de setembro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Cartões amarelos : Richarlyson, Betinho, Rafael Silva (Guarani)

Gols

PARANÁ João Pedro, aos seis minutos, e Renatinho, aos 12 minutos, Iago Maidana, aos 39 minutos do primeiro tempo

GUARANI: Vagner; Lenon, Ewerton Páscoa, Jussani e Richarlyson (Salomão); Evandro e Betinho (Eleandro); Bruno Nazário, Fumagalli e Paulinho; Rafael Silva (Denner).

Técnico: Marcelo Cabo

PARANÁ Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Leandro Vilela (Luiz Otávio), Vinícius Kiss, João Pedro e Renatinho (Zezinho); Vitor Feijão (Robson) e Alemão.

Técnico: Matheus Costa (interino)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade