1 evento ao vivo

Para Tite, Corinthians teve maturidade e doação no Brinco

24 mar 2013
20h34

O técnico Tite gostou do que viu no Brinco de Ouro, principalmente no primeiro tempo. Após a vitória sobre o Guarani, o comandante do Corinthians falou sobre a conquista dos três pontos em Campinas.

- O primeiro tempo foi bom, já o segundo foi ruim. Nosso aspecto bom foi sem bola, a doação e marcacação. As saídas e triangulações do primeiro não aconteceram no segundo. Mas a equipe teve maturidade nos últimos cinco minutos. Criou muito mais contra o XV, mas teve maturidade maior dessa vez. Jogou com o que a partida permitiu. Para vencer - afirmou.

De uma maneira geral, Tite analisou o nível técnico da partida sem tantos elogios. Para ele, as condições do piso do Brinco de Ouro não eram as melhores. Foi nesse gramado que Cássio e Renato Augusto se machucaram.

- Não falo isso com prazer, mas o gramado do Brinco de Ouro já esteve melhor. Caminhando ali vi isso. O Paulo André teve um lance que se complicou por causa disso. O zagueiro do Guarani deixava a bola bater no corpo e rebatia. Pois se a bola pica mal, pode complicar. O campo não nos permitiu trabalhar o passe - lembrou.

Tite comentou ainda sobre a comemoração do gol de Guerrero, na qual o peruano apontou para Emerson, responsável pela assistência no lance.

- A gente se afeiçoa às pessoas. Nesse grupo, eu torço para o sucesso de todos eles, principalmente quando reconhecem o erro, melhoram , procuram crescer e competir. Temos de respeitar primeiro o Corinthians. Saiu o Renato, voltou o Jorge (Henrique), campeão mundial. Temos de saber que o futebol é assim. Sair do time não é demérito. E tem também o lance da amizade - afirmou.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Penapolense, às 22h, no Pacaembu.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade