3 eventos ao vivo

Opositores não se unem e eleição do Santos pode ter até cinco chapas

19 set 2017
09h25
atualizado às 11h01
  • separator
  • 1
  • comentários

Mesmo ainda faltando três meses para a eleição, os bastidores políticos do Santos já estão pegando fogo. A primeira chapa de oposição, denominada 'Santástica União', foi lançada no último final de semana e escolheu Andres Rueda Garcia como candidato à presidência, sendo José Renato Quaresma o vice.

A formação do grupo confirma o desmembramento dos opositores de Modesto Roma. Inicialmente, eles pensaram em uma união contra o atual mandatário. Porém, as conversas não evoluíram e o pleito em dezembro deve ter cinco chapas concorrendo.

Logo após o anúncio da 'Santástica União', o movimento 'Somos Todos Santos' convocou uma entrevista para a próxima quinta-feira, em São Paulo, onde confirmará a candidatura de José Carlos Peres. O empresário, que ficou em segundo na eleição de 2014, tem a companhia de Orlando Rollo, quarto colocado no último pleito, além do escritor Odir Cunha.

Já o grupo 'DNA Santista', que inicialmente estava com a 'Santástica União', acabou abandonando a chapa e estuda lançar sua própria candidatura. Eles ainda não definiram um candidato e vão fazer reuniões para chegar em um consenso.

Por fim, o movimento 'O Santos Que Queremos' segue com a intenção de participar da eleição. Após ver Walter Schalka desistir da candidatura, o grupo irá se reunir nos próximos dias para tentar definir um nome. Dois possíveis candidatos são Paulo Schiff, ex-presidente do Conselho do Peixe e candidato derrotado nos pleitos de 2005 e 2007, e Nabil Kaznadar, que disputou em 2014 e ficou na última posição,

Vale destacar também que o próprio presidente Modesto Roma Júnior ainda não oficializou sua chapa de situação. Porém, o mandatário já mas confirmou que tentará se reeleger em dezembro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade