0

Oficialmente sem técnico, Argentina é convocada para pegar Brasil e Cingapura

19 mai 2017
19h04
  • separator
  • comentários

A Associação de Futebol Argentina (AFA) divulgou nesta sexta-feira uma lista de 20 jogadores relacionados para amistosos contra Brasil e Cingapura, convocação feita ainda sem o anúncio oficial do sucessor do técnico Edgardo Bauza, que deverá ser Jorge Sampaoli.

Entre as novidades do grupo estão o atacante Mauro Icardi, da Inter de Milão, e o meia Manuel Lanzini, do West Ham. O ex-Fluminense nunca havia sido chamado para defender a seleção principal. No ano passado, ele participaria dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas acabou cortado por lesão.

Na imprensa argentina, a convocação vem sendo denominada como "a lista de Sampaoli". Hoje, na Espanha, o treinador admitiu que quer assumir a seleção do país, no entanto, não se envolve com as negociações entre AFA e Sevilla, clube com que tem contrato até junho de 2018.

No site da entidade nacional, onde foi divulgada a relação de jogadores, não consta qualquer informação sobre o responsável pela convocação. No momento, a seleção sequer conta com um treinador interino nomeado pelos dirigentes.

Os vice-campeões mundiais encararão o Brasil no dia 9 de junho, em Melbourne, na Austrália. Quatro dias depois, será a vez de encarar Cingapura, no Estádio Nacional, localizado na capital do país asiático.

Confira os convocados para defender a seleção argentina nos amistosos com Brasil e Cingapura:.

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United-ING), Nahuel Guzmán (Tigres-MEX), Agustín Marchesín (América-MEX) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad-ESP).

Defensores: Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Gabriel Mercado (Sevilla-ESP), Nicolás Otamendi (Manchester City-ING) e Emanuel Mammana (Lyon-FRA).

Meias: Éver Banega (Inter de Milão-ITA), Eduardo Salvio (Benfica-POR), Lucas Biglia (Lazio-ITA), Leandro Paredes (Roma-ITA), Manuel Lanzini (West Ham United-ING) e Guido Rodríguez (Tijuana-MEX).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona-ESP), Mauro Icardi (Inter de Milão-ITA), Alejandro Gómez (Atalanta-ITA), Joaquín Correa (Sevilla-ESP), Ángel Di María (Paris Saint-Germain-FRA), Gonzalo Higuaín e Paulo Dybala (Juventus-ITA).

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade