0

Ney Franco rejeita acordo e deixa o comando do Goiás após o acesso na Série B

Técnico não aceitou proposta de renovação de contrato para dirigir a equipe na Série A

26 nov 2018
16h00
  • separator
  • comentários

Ney Franco surpreendeu a todos nesta segunda-feira. Depois do acesso antecipado com o Goiás na Série B do Campeonato Brasileiro, o treinador rejeitou a oferta de renovação e não faz parte dos planos do clube para 2019. De acordo com a nota oficial da diretoria, "foi uma escolha do próprio treinador, que optou por dar continuidade a projetos pessoais". Há especulações de que ele já estava com uma proposta de outro clube e seu futuro pode ser definido em breve.

Com 52 anos, Ney Franco assumiu o Goiás na quinta rodada da Série B, quando o clube ainda estava na zona de rebaixamento. Chegou para substituir Hélio dos Anjos depois de uma derrota amarga para o rival Vila Nova por 3 a 1, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O treinador conseguiu recuperar a confiança do time e aos poucos construiu a reação que levou o elenco para o G4 - a zona de acesso. Com uma rodada de antecedência conquistou subir para a elite do futebol brasileiro.

Em 34 jogos, o técnico somou 18 vitórias, cinco empates e 11 derrotas, com quase 58% de aproveitamento. Deixa o clube com uma derrota para o Brasil, de Pelotas (RS), por 1 a 0, no estádio Serra Dourada, encerrando a temporada em quarto lugar. O grande destaque do treinador foi justamente a campanha fora de casa, longe de Goiânia, onde conquistou 29 pontos, com nove vitórias e cinco empates.

Sem Ney Franco, o Goiás começa a planejar a próxima temporada. No primeiro semestre, o clube defende o título do Campeonato Goiano e disputa as primeiras fases da Copa do Brasil. A partir da metade de abril terá o Brasileirão pela frente.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade