1 evento ao vivo

Nenê e Tréllez são apresentados como novos reforços do São Paulo

29 jan 2018
18h42
atualizado às 18h56
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo apresentou no fim da tarde desta segunda-feira o meia Nenê e o atacante Santiago Tréllez como os novos reforços do time para a temporada. Em sua primeira entrevista coletiva no CT da Barra Funda, a dupla citou os desafios como os principais motivos para trocarem de clube em 2018.

Aos 36 anos, Nenê deixou o Vasco com salários atrasados e assinou um contrato com o Tricolor pelas próximas duas temporadas. O meia disse estar realizando um sonho ao vestir a camisa do clube pelo qual torce desde a infância.

"É a realização de um sonho. Eu era são-paulino de criança. Depois, você joga profissionalmente e acaba perdendo isso porque joga contra, mas realmente era uma coisa que eu já pensava. Estou muito motivado e espero que possa dar o meu melhor para dar alegrias a essa torcida maravilhosa", projetou Nenê, sorridente.

"É uma felicidade muito grande por ter o interesse de um grande clube como o São Paulo", celebrou o jogador, que marcou 11 gols em 49 jogos em 2017. "Para mim é um reconhecimento do meu trabalho. Fico ainda mais motivado para poder mostrar meu futebol, ajudar da melhor maneira possível e dar meu máximo em campo para o time conquistar os objetivos", acrescentou.

Questionado sobre por que deixou o Vasco, que disputará a Copa Libertadores em 2018, para assinar com o São Paulo, fora da competição continental, Nenê disse que, dentre outros fatores, o momento desfavorável do clube do Morumbi o motivou a trocar de ares.

"Quando eu voltei para o Brasil, o Vasco também passava por uma fase difícil. Foi uma decisão que não foi fácil, porque foi minha casa durante dois anos e meio. Mas o desafio e a grandeza do São Paulo é uma coisa que não tem muito o que pensar. Por mais que não esteja na Libertadores, é um clube com uma estrutura maravilhosa, que te dá tranquilidade para fazer o melhor dentro de campo. Isso te dá mais motivação", explicou o meia, que de 2003 a 2015 passou por oito clubes do exterior, o principal deles o Paris Saint-Germain, da França.

Já Tréllez, mais tímido que o novo companheiro, foi adquirido junto ao Vitória por R$ 6 milhões e assinou um contrato de quatro anos com o Tricolor. O centroavante colombiano, autor de 11 gols em 26 partidas pelo time baiano, espera ter o mesmo desempenho no novo clube.

"Estou muito contente por chegar a um clube como o São Paulo. Espero repetir minhas boas atuações pelo Vitória. Sei que o clube está passando por um momento difícil, mas vou dar a vida por esse time em todos os jogos", prometeu o atleta de 28 anos, que chamou atenção de rivais antes de acertar com o Tricolor.

"No fim do ano, falaram de Santos e Corinthians, mas o primeiro clube que me procurou foi o São Paulo. Não deu certo no início, mas São Paulo mostrou vontade de me ter, entrou em acordo com Vitória e tenho vontade muito grande aqui", bradou.

Ambos os reforços ainda não apareceram no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e, portanto, não estão à disposição do técnico Dorival Júnior para o duelo com o Madureira, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. A tendência é que integrem o grupo nos treinos da semana e estejam aptos a estrear contra o Botafogo-SP, sábado, no Morumbi.

Antes da dupla, o São Paulo havia contratado o goleiro Jean (Bahia), o meia-atacante Diego Souza (Sport) e o zagueiro Anderson Martins (Vasco). Além deles, o clube também garantiu os retornos por empréstimo de Reinaldo e Hudson.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade