0

Nenê celebra momento no São Paulo: "É como se eu tivesse 25 anos"

27 mai 2018
21h33
atualizado às 22h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Autor de dois gols na vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o América-MG, o meia Nenê celebrou o seu atual momento após a partida disputada neste domingo, no Estádio Independência, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 36 anos, o jogador é o único membro do elenco que participou de todos os 15 jogos sob o comando do técnico Diego Aguirre.

"Fico muito feliz de poder estar retribuindo dessa maneira. É como se eu tivesse 25 anos. Graças a Deus não estou sentindo nada nos jogos nem cansaço físico em toda essa sequência. Fico muito feliz de poder retribuir o carinho da torcida dentro de campo", comemorou o camisa 7, em entrevista ao canal Premiere.

Com a vitória, a primeira como visitante no Brasileiro, o São Paulo assumiu o quarto lugar, com 13 pontos ganhos, apenas um a menos do que o líder Flamengo. De quebra, ainda se manteve como único invicto do campeonato, com três triunfos e quatro empates.

"Um resultado muito importante. Não estou muito feliz só pelos gols, mas pela importância desse jogo. Ainda não tínhamos ganho fora ainda, e agora estamos a um ponto do primeiro colocado", ressaltou.

O primeiro gol de Nenê na partida foi em cobrança de pênalti sofrido por Arboleda já nos acréscimos do primeiro tempo. Aos 15 minutos da etapa complementar, o veterano bateu falta pela direita com categoria, acertando o ângulo esquerdo do goleiro Jori.

"Estava falando que precisava fazer um gol de falta, que não fazia há muito tempo. O goleiro achou que eu iria cruzar, acabei chutando direto e Deus me abençoou com este gol bonito", vibrou à Rádio Itatiaia.

Em entrevista coletiva, Aguirre falou sobre o único atleta que utilizou em todas as partidas desde que chegou ao clube do Morumbi. Nenê, também um dos líderes do elenco tricolor, é o vice-artilheiro do time na temporada, com seis gols, um a menos que Diego Souza, e soma três assistências no ano.

"Tento não analisar os jogadores pela idade. Tento analisar por rendimento, pelo o que eles trabalham e correm em campo. O Nenê faz o mesmo trabalho de um menino. É um jogador de alto nível, que jogou no Paris Saint-Germain com jogadores de grande qualidade. Tive a sorte de ser o treinador dele no Catar. Ele tem a minha confiança", elogiou.

O próximo compromisso do São Paulo será o confronto com o Botafogo, nesta quarta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Morumbi. O time iniciará a preparação para este duelo na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade