0

Na luta pelo topo, Santos testa força do elenco e defende tabu contra o Athletico-PR

Time paulista venceu as últimas 13 partidas que fez como mandante contra o rival paranaense

8 set 2019
04h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Na luta pelo topo da tabela do Campeonato Brasileiro, o Santos, muito desfalcado, terá de colocar à prova a força de seu elenco contra o Athletico-PR, neste domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada da competição.

Depois de três jogos sem vencer, com duas derrotas e um empate, o Santos se recuperou no torneio com o triunfo por 1 a 0 sobre a Chapecoense, fora de casa, na rodada anterior. O time é vice-líder do Brasileirão, com 36 pontos, e só está atrás do líder Flamengo.

Também está em jogo a defesa de um longo tabu diante do Athletico-PR. O time paulista venceu as últimas 13 partidas que fez como mandante contra o rival paranaense. De quebra, o time do técnico Jorge Sampaoli está invicto na Vila Belmiro em 2019 e deve enfrentar um adversário cheio de reservas e focado na final da Copa do Brasil.

A novidade de Sampaoli no duelo pode ser o atacante Lucas Venuto. Contratado junto ao Vancouver Whitecaps, time canadense que atua na MLS (Major League Soccer, a liga de futebol dos Estados Unidos), ele está há um mês no Santos e agora, já mais adaptado, vive a expectativa de fazer a sua estreia pela equipe.

O momento é oportuno para Venuto, já a equipe sofre com vários desfalques por lesão, suspensão ou jogadores servindo suas seleções nacionais. O jogador disse que está ambientado no clube e pronto para jogar. Ele tem treinado pelo lado direito do ataque.

Venuto pode substituir o venezuelano Soteldo, baixa contra o Athletico-PR por estar com a sua seleção nos Estados Unidos. Além de Soteldo, Sampaoli não contará com o lateral-esquerdo Jorge, o atacante paraguaio Derlis González e o meia peruano Cueva, também chamados para as suas respectivas seleções nacionais, e com o lateral-direito Victor Ferraz, suspenso e com uma lesão no joelho direito.

O zagueiro Jackson Porozo e o atacante Kaio Jorge, que poderiam ser alternativas diante das ausências, também são desfalques. O primeiro foi convocado para a seleção do Equador e o segundo treina com a seleção brasileira sub-17.

Com tantas ausências, além de Venuto, Alison, Jean Mota e Uribe podem ganhar uma oportunidade e aparecer entre os titulares. Evandro, que jogou no rival do Paraná, deve permanecer na equipe. Ele busca seu primeiro gol com a camisa santista.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade