3 eventos ao vivo

Raí praticamente descarta chegada de Vitor Bueno ao São Paulo

3 abr 2019
16h27
atualizado às 16h27
  • separator
  • comentários

O diretor-executivo de futebol do São Paulo, Raí, praticamente descartou a contratação do meia-atacante Vitor Bueno, do Santos. O jogador foi emprestado ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, onde não joga desde o ano passado, e gostaria de voltar ao Brasil.

Presidido por José Carlos Peres, o clube da Baixada está fazendo jogo duro para emprestar o atleta ao Tricolor. A única opção seria o São Paulo perdoar a dívida de cerca de R$ 2,7 milhões referente aos 10% dos direitos econômicos de Cueva, comprado pelo Santos junto ao russo Krasnodar.

Mesmo com a possibilidade, Raí não confia no acerto. A janela de transferências do exterior para o Brasil se encerra às 23h59 (de Brasília) desta quarta-feira. Portanto, o São Paulo tem pouco tempo para conseguir uma reviravolta.

"Sobre o Vitor Bueno, a gente mostrou interesse, fizemos um esforço, mas é algo que dificilmente vai ser concretizado. Infelizmente não podemos dar essa notícia, mostramos interesse, mas é muito difícil", lamentou o dirigente.

Após apresentar Tchê Tchê oficialmente, Raí elogiou o elenco do São Paulo e não descartou a chegada de mais reforços. O atacante Marquinhos Calazans, do Fluminense, é um dos alvos da direção tricolor.

"Com esse elenco, a gente tem ambições. Isso a gente vem conversando, o próprio Cuca colocando para o grupo a conscientização pela grandeza do São Paulo, um time que tem de ser ambicioso. A gente vai ficar de olho no mercado se tiver alguma coisa para agregar. Temos um grupo. Os reforços, como o Tchê Tchê, nos deixam em uma posição melhor para alcançarmos nossos objetivos", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade