5 eventos ao vivo

Em reunião, Pedro pede para deixar o Fluminense e jogar no Flamengo

5 jul 2019
23h01
atualizado em 7/7/2019 às 23h31
  • separator
  • 0
  • comentários

A novela de uma possível transferência do atacante Pedro do Fluminense para o Flamengo ganha mais um capítulo. Nesta segunda-feira, uma informação ganhou grande impacto nos bastidores do Tricolor das Laranjeiras.O artilheiro pediu em reunião com o presidente do clube, Mário Bittencourt, para defender o rival da Gávea.

No entanto, a resposta não foi animadora. O dirigente informou que o único jeito para viabilizar o negócio é através do pagamento da multa rescisória. Assim, o Flamengo teria que desembolsar 50 milhões de euros - perto de R$ 200 milhões, algo que não está nos planos neste momento.

No início da semana, o Flamengo havia anunciado a desistência de contratar Pedro principalmente para evitar um mal-estar com o Fluminense. Uma conversa por telefone entre os presidentes do Tricolor, Mário Bittencourt, e do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, encerrou qualquer negociação. O time da Gávea chegou a fazer uma proposta pelo atleta, que foi retirada após pedido do rival.

O Fluminense sofre, entretanto, com uma preocupante crise financeira. O time fez um grande esforço para pagar parte da dívida com Pedro para evitar uma saída do atleta através da Justiça.

Em nota oficial, a PGB Sports/Agência 90´/Football Capital, empresa que cuida dos interesses de Pedro, confirmou em um comunicado oficial o encontro com o Fluminense sem citar o Flamengo. "Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (5) com a diretoria do Fluminense Football Club, Pedro mostrou, mais uma vez, interesse em ouvir o projeto esportivo e financeiro dos clubes interessados em seu trabalho por entender que este é um direito de qualquer profissional, seja este da área que for. Entendemos ser importante o diálogo e a conversa buscando o melhor para ambas as partes".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade