8 eventos ao vivo

Corinthians desiste de vez de Dourado e nega ex-são-paulino

13 jan 2018
16h20
atualizado às 16h45
  • separator
  • comentários

Mesmo após Henrique Dourado manifestar publicamente a sua intenção de não jogar mais pelo Fluminense, que enfim passou a aceitar negociá-lo, o Corinthians não está mais interessado na contratação do centroavante. O presidente Roberto de Andrade foi taxativo ao abordar o assunto antes da partida contra o escocês Rangers, neste sábado, em Orlando, pela Copa Flórida.

Foto: André Fabiano/Código 19 / Gazeta Press

"O Corinthians não vai fazer negócio com o Fluminense em relação ao Henrique Dourado", avisou Roberto à TV Bandeirantes . "A negociação tem que andar reta. Quando começa a fazer muito ziguezague, não gosto de participar. O Fluminense já falou que abre mão dele, mas, na verdade, não é assim. Não quero voltar a conversar", reiterou.

Nos primeiros dias de pré-temporada nos Estados Unidos, o mandatário corintiano elogiava Henrique Dourado, artilheiro do último Campeonato Brasileiro ao lado de Jô, vendido ao japonês Nagoya Grampus. Dizia até que poderia aproveitar a proximidade de Pedro Abad, presidente do Fluminense, para negociar durante a estadia dos dois times em Orlando. O seu colega, contudo, adiantou que não estava disposto a abrir negociação.

Diante da resistência do Fluminense, o Corinthians desistiu de ter Henrique Dourado como sucessor de Jô no comando do seu ataque. Abad, entretanto, passou a dizer que se sensibilizava com a vontade do atleta de sair e já concordava com uma transação, desde que o seu clube fosse bem recompensado financeiramente. "O fato de eles quererem liberá-lo não significa que seja um valor fácil de o Corinthians conseguir", concluiu Roberto de Andrade.

Gilberto

Sem Henrique Dourado, o Corinthians, que tem o criticado inglês naturalizado turco Kazim como titular, continua atrás de um substituto para Jô. Uma alternativa seria Gilberto, que defendeu o São Paulo na última temporada e está sem clube.

"Não chegamos nem a falar o nome dele com a comissão técnica. Não existe nada em relação ao Gilberto, o que não significa que não poderá existir. Não sei nem se a comissão técnica enxerga potencial no jogador para a função. Vamos conversar", declarou Roberto de Andrade.

Aos 28 anos, Gilberto já esteve próximo do Corinthians uma vez. Quando atuava pelo Santa Cruz, o centroavante encaminhou a sua transferência para o clube paulista, em negociação atravessada pelo Internacional.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade