0

Borja elogia Felipão, mas evita lobby por seleção colombiana

6 dez 2018
18h58
  • separator
  • comentários

Ganhador do Campeonato Brasileiro pelo Palmeiras, Luiz Felipe Scolari tem uma proposta para treinar a Colômbia. O centroavante Miguel Borja está animado com a chance de ver seu técnico na seleção, mas evita fazer lobby pela eventual transferência.

"Eu disse que estava convencendo o Felipão e me meti em problemas no Brasil. Então, não posso falar mais nada. Que ele tome a decisão", afirmou Borja, em Barranquilla para torcer pelo Junior contra o Atlético-PR na primeira final da Copa Sul-Americana.

Embora tenha o convite da Colômbia, Felipão já sinalizou que deve permanecer no comando do Palmeiras. Durante a gravação do Troféu Mesa Redonda, o comandante contou, inclusive, que já indicou alguns nomes para o diretor de futebol Alexandre Mattos.

"É o que os colombianos querem: ter um bom técnico, como é o Scolari. Sabemos que a decisão é dele e da família. Tomará a melhor decisão", comentou Borja, que se alternou com Deyverson como centroavante na campanha que culminou com o título brasileiro.

Para a próxima temporada, o Palmeiras já anunciou as chegadas do meia Zé Rafael (Bahia) e do atacante Arthur Cabral (Ceará). O clube alviverde ainda renovou com Fernando Prass, Jailson e Edu Dracena e contratou Mayke, antes emprestado pelo Cruzeiro apenas até o fim da temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade