PUBLICIDADE

Marinho e Diego Tardelli, com dores, devem desfalcar Santos contra o Internacional

Ambos atacantes sentiram dores musculares no primeiro tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza

26 nov 2021 09h36
| atualizado às 09h36
ver comentários
Publicidade

Após garantir quase matematicamente a permanência do Santos na primeira divisão, o técnico Fábio Carille terá novos desafios pela frente na reta final do Brasileirão. Para a próxima rodada, contra o Internacional, o treinador deve ter duas baixas quase certas: Marinho e Diego Tardelli.

A dupla de atacantes sentiu dores musculares ao longo do primeiro tempo da vitória sobre o Fortaleza, por 2 a 0, na Vila Belmiro. E foram substituídos no intervalo. "Infelizmente, faltando oito minutos (para o fim da etapa inicial), o Tardelli deu sinal para sair. E Marinho começou a mancar mais do que no início. Eu quis segurar até o intervalo para não perder substituição. Eles aguentaram", comentou Carille.

Pouco otimista, o treinador praticamente descartou a dupla para o duelo contra o Inter, domingo, no Beira-Rio. "Com certeza, vão ter que passar por exames. Mas de quinta para domingo dificilmente estarão em campo. Não sabemos a gravidade, para que Flamengo e Cuiabá estejam à disposição. Cedo falar de gravidade, mas muito difícil que tenhamos eles no domingo", afirmou.

Principal jogador do time, Marinho estava voltando ao time na partida de quinta, depois de ser desfalque no clássico com o Corinthians, na rodada passada. No entanto, o atacante demonstrou não estar totalmente recuperado da lesão anterior, que era um incômodo na parte posterior da coxa esquerda. Diante do Fortaleza, ele mancou durante boa parte do primeiro tempo.

Sem seus dois principais atacantes, Carille terá que reformular totalmente o setor ofensivo santista para domingo. Os jovens Marcos Leonardo e Ângelo devem compor o trio de ataque com Lucas Braga, que vinha atuando de forma mais recuada para dar maior volume ao meio-campo.

Outra possível baixa é a do lateral-esquerdo Felipe Jonatan. Ele chegou a pedir substituição, mas aguentou ficar em campo até os minutos finais. Também deverá ser avaliado pelo departamento médico do clube nesta sexta-feira.

Estadão
Publicidade
Publicidade