0

Marcelo Cabo é demitido do comando técnico do Guarani

8 out 2017
11h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O treinador Marcelo Cabo, de 50 anos, foi demitido do cargo de técnico do Guarani no último sábado, após a derrota do Bugre para o Oeste por 3 a 0, em partida válida pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No comando do time paulista, o treinador acumulou três empates e três derrotas.

Com a derrota na Segundona, a equipe de Campinas chegou ao seu sétimo jogo seguido sem vitória na competição, que chegou a figurar entre o G4 da tabela por um bom tempo, no início da disputa, e agora briga contra o rebaixamento para a Série C.

Em comunicado oficial, o presidente do Guarani, Palmeron Mendes Filho, agradeceu o trabalho realizado pelo ex-comandante do Bugre e destacou que a diretoria da equipe ainda não tem o nome de um substituto em mente.

"Realizamos um reunião e conversamos com o professor Marcelo, nós agradecemos o trabalho e estamos comunicando o desligamento. Não temos um novo nome. O Guarani só tem a agradecer o que foi feito. Futebol é resultado, mas não tivemos o resultado esperado", afirmou.

Marcelo Cabo agradeceu a diretoria, torcida e atletas do clube, além de reiterar que o desempenho da equipe não era o esperado pela comissão técnica.

"Fica o meu agradecimento pela oportunidade. Eu me prontifiquei a vir fazer um pronunciamento porque tive uma coletiva de entrada e gostaria de ter uma saída. Gostaria de agradecer ao presidente, aos jogadores e à torcida. Eu não consegui trazer o resultado que o clube pleiteava. Agora viro mais um torcedor e acredito que o Guarani vai alcançar o objetivo", destacou.

Na rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani viaja até Pernambuco para encarar o Náutico, que figura na zona de rebaixamento da competição, às 19h00 (horário de Brasília) do próximo sábado. O Bugre soma 34 pontos na tabela e precisa da vitória para se distanciar do Z4.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade