2 eventos ao vivo

Mais gols que assistências: Santos ganha "meia completo" com Ruiz

12 jul 2018
08h07
atualizado às 08h07
  • separator
  • comentários

O Santos ganhou um legítimo armador ao contratar Bryan Ruiz. O costarriquenho de 32 anos é um meia de origem, em falta no elenco desde a saída de Lucas Lima para o Palmeiras.

Com bom passe, Ruiz pode melhorar o meio-campo santista e ainda aumentar o poder de ataque. Ele tem mais gols (110) do que assistências (99) em 434 jogos na carreira, iniciada no Alajuelense-CRC e consolidada no Gent-BEL, Twente-HOL, Fulham-ING, PSV-HOL e Sporting-POR.

As duas últimas temporadas, porém, não foram artilheiras. Dois gols em cada uma pelo Sporting. Já em 15/16, oito gols foram marcados. O melhor desempenho nesse sentido foi em 09/10, pelo Twente, com 24 gols em 34 partidas. Ele é o primeiro atleta da Costa Rica com 100 gols na Europa.

Bryan Ruiz tem 1,88 m de altura e chega com facilidade como elemento surpresa na área adversária. A velocidade não é o seu ponto forte, mas o jogo aéreo é um diferencial incomum em camisas 10. Canhoto, se destaca também pela boa bola parada.

"No meio-campo é onde a equipe precisa algo a mais, que pause ou acelere dependendo das condições. Tenho essa experiência para me entrosar com os colegas e jogar a bola aos atacantes. Tenho visto que são muito rápidos e possuem qualidade. É conciliar o ritmo do jogo, controlar o meio-campo, e o Santos gosta de tocar a bola pé a pé", disse Ruiz, em sua apresentação oficial nesta quarta-feira. 

Antes de contar com o Ruiz, o técnico Jair Ventura testou diversos atletas no meio-campo, como Vecchio, Jean Mota, Léo Cittadini, Vitor Bueno, Gabriel Calabres, Diogo Vitor e Rodrygo. O mais utilizado na temporada é Jean, com 31 partidas.

Bryan Ruiz não estará disponível para o clássico contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O reforço terá uma semana de descanso na Costa Rica antes de iniciar os treinamentos no novo clube. Ele não descansou entre o fim da temporada europeia e a disputa da Copa do Mundo na Rússia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade