PUBLICIDADE

Maestros, Ganso e Arrascaeta regem Fluminense e Flamengo em clássico no Brasileirão

Meias dos rivais são dois dos principais jogadores de cada equipe e têm capítulos marcantes em Fla x Flus

29 mai 2022 06h26
| atualizado às 11h36
ver comentários
Publicidade

O clássico entre Fluminense e Flamengo reúne elementos e duelos interessantes, seja no gol, nas defesas ou nos ataques. Mas um dos mais importantes é entre os maestros dos times. Paulo Henrique Ganso e Giorgian De Arrascaeta são dois dos meias mais badalados do futebol brasileiro. O primeiro nutria grande expectativa pelo início da carreira e nos últimos meses retomou o protagonismo. O segundo é considerado por muitos o maior estrangeiro da história do Fla.

Ganso e Arrascaeta fazem duelo dos meias no clássico Fluminense x Flamengo (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense/Marcelo Cortes/Flamengo)
Ganso e Arrascaeta fazem duelo dos meias no clássico Fluminense x Flamengo (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense/Marcelo Cortes/Flamengo)
Foto: Lance!

Os dois se enfrentam neste domingo, às 18h, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico tem transmissão em tempo real do LANCE!. Em jogo a missão de reger equipes pressionadas pela vitória na competição.

"Boi, boi, boi, boi da cara preta, o Paulo Henrique Ganso joga mais que o Arrascaeta", "Ih o Ganso está vindo aí e muita taça eu vou ganhar, Arrascaeta é o ca*****, nunca jogou com o Neymar". Essas músicas são comuns nas arquibancadas do Fluminense para exaltar o camisa 10. Um dos jogadores que chegaram com maior expectativa nos últimos tempos, Ganso até viveu bons momentos em 2019, mas perdeu espaço.

Após sofrer com problemas físicos, Ganso tinha 2022 como foco para ser seu grande ano. O início foi devagar e sem muito espaço, mas no momento em que ganhou a confiança de Abel Braga, conquistou a titularidade e se tornou incontestável. Importante para o título do Campeonato Carioca, o jogador foi um dos poupados na histórica goleada sobre o Oriente Petrolero (BOL) na Copa Sul-Americana visando o clássico.

De 2008 até agora, Ganso fez 19 jogos contra o Flamengo na carreira, incluindo as passagens por Santos, São Paulo e Fluminense. O Rubro-Negro leva ampla vantagem com nove vitórias, cinco triunfos para o meia e cinco empates. Ele marcou dois gols. Mas a história com o rival não é apenas pelo desempenho. Ele já esteve no radar do Fla algumas vezes ao longo dos últimos anos.

Na temporada, são 23 jogos, 15 como titular, quatro gols marcados e três assistências.

Poupado na vitória do Flamengo sobre o Sporting Cristal, por 2 a 1, na última terça-feira, Arrascaeta está pronto e descansado para enfrentar o Fluminense, neste domingo, no Maracanã. O Rubro-Negro vai precisar e muito do seu camisa 14, já que não vence o Tricolor há cinco jogos, mas o uruguaio tem dado conta do recado.

O Flamengo contou com Arrascaeta em 24 jogos nesta temporada. Venceu 13, empatou 7 e perdeu 4. O uruguaio contribuiu com 7 gols e 9 assistências, uma delas no último confronto com o Fluminense, porém o passe para o gol de Gabi não foi o suficiente para o Rubro-Negro conquistar o Carioca.

De fato, o Tricolor costuma ser um rival que causa dificuldade para Arrascaeta. Em 14 Fla-Flus, o uruguaio soma apenas um gol e duas assistências. De quebra, no primeiro encontro diante do rival, perdeu a bola que ocasionou o gol de Luciano, que deu a vitória ao Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara de 2019.

Em comparação, Arrascaeta costuma brilhar nos outros clássicos estaduais. Nos 10 jogos contra o Vasco, foram 4 gols e três assistências. Já diante do Botafogo, o uruguaio balançou a rede uma vez, deu um passe decisivo, em três partida. Neste domingo, Arrascaeta terá a chance de melhorar o retrospecto e ajudar o Flamengo quebrar o jejum diante do Fluminense, rival que não vence há cinco jogos, com quatro derrotas e um empate.

Lance!
Publicidade
Publicidade