5 eventos ao vivo

Luan admite puxão de orelha de Renato Gaúcho após 1º tempo sem gols

4 abr 2018
21h21
  • separator
  • comentários

Autor do terceiro gol da goleada gremista por 4 a 0 sobre o Monagas, da Venezuela, nesta quarta-feira, Luan admitiu que o técnico Renato Gaúcho deu um puxão de orelha na equipe durante o intervalo para que os jogadores pudessem voltar a campo mais ligados e saírem com a elástica vitória após os 45 minutos iniciais sem balanças as redes.

"Acho que a gente, no primeiro tempo, não foi bem. Jogamos muito abaixo do que vínhamos jogando. No intervalo o Renato de um puxão de orelha na gente, porque nossa equipe não era aquela que jogou no primeiro tempo. No segundo tempo pudemos jogar bem e marcar gols", afirmou Luan ao SporTV, na saída do gramado.

Atual campeão da Libertadores, o Grêmio havia estreado com um empate em 1 a 1 diante do Defensor, do Uruguai, fora de casa. Precisando da vitória para não deixar o Cerro Porteño ficar ainda mais distante na liderança, o Tricolor fez o dever de casa e novamente contou com um gol de Jael, que já havia dado uma assistência primorosa no último final de semana, no jogo de ida da decisão do Campeonato Gaúcho contra o Brasil de Pelotas.

Após o técnico Renato Gaúcho comentar que a imprensa e a torcida estavam criando um "monstro", se referindo às boas atuações de Jael após ter sido criticado, o atacante comemorou bastante seu gol na noite desta quarta-feira e não escondeu a felicidade na saída do campo.

"Monstro do bem. Estou muito feliz pela partida, pelo resultado. Precisávamos dessa vitória. Agradecer a Deus por mais essa oportunidade. Agora é descansar, porque domingo tem outro grande jogo", disse o camisa 9.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade