2 eventos ao vivo

Libertadores

São Paulo descarta qualquer chance de Corinthians "amolecer"

Marcos Brindicci / Reuters
1 abr 2015
23h43
atualizado às 23h45
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians ainda não está 100% classificado e matematicamente não pode pensar em vacilar contra o San Lorenzo na próxima rodada. Mas mesmo assim os são-paulinos tiveram que responder a perguntas de uma eventual – e quase impossível – facilitação corintiana diante dos argentinos no dia 16 de abril, em jogo a ser disputado em Itaquera. E a opinião são-paulina é unânime: isso não vai acontecer.

“Isso seria colocar o caráter de alguém em dúvida. Não podemos nem pensar nisso”, disse Rogério Ceni, cortando qualquer espaço para um polêmica entre os rivais que vão se enfrentar no dia 22 de abril, no Morumbi. Nesta quarta, o São Paulo perdeu por 1 a 0 para o San Lorenzo.

<p>Torcida do São Paulo comparece ao estádio Nuevo Gasômetro; pressão para rodadas finais</p>
Torcida do São Paulo comparece ao estádio Nuevo Gasômetro; pressão para rodadas finais
Foto: Juan Mabromma / AFP

Já o presidente Carlos Miguel Aidar disse que a conduta do técnico Tite fecha qualquer discussão sobre o tema. “Não, não acredito. Não existe isso. O Corinthians tem uma equipe de respeito, um treinador de respeito”, afirmou.

Corinthians x San Lorenzo será disputado um dia depois de Danubio x São Paulo. O time só entrará em campo 100% classificado se o rival paulista não vencer os uruguaios. E, mesmo assim, o Corinthians ainda estará almejando o primeiro lugar geral, que lhe dará a oportunidade de decidir todos os jogos de mata-mata em casa.

Para o São Paulo, um tropeço corintiano contra o San Lorenzo pode complicar a sua situação para a última rodada. Atualmente o clube tem os mesmos seis pontos do que os argentinos, mas leva vantagem de dois no saldo de gols. Aconteça o que acontecer, o clássico contra o Corinthians terá caráter decisivo para o time tricolor.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade