2 eventos ao vivo

Palmeiras desencanta no Palestra e respira na Libertadores

21 abr 2009
22h15
atualizado às 23h57

Três dias depois de decepcionar o seu torcedor e ser eliminado da disputa do Campeonato Paulista diante do Santos, o Palmeiras voltou a ter uma decisão no Palestra Itália, mas desta vez se deu bem. No mesmo palco em que acumulou tropeços diante de Colo Colo e Sport, o clube alviverde venceu pela primeira vez como mandante na Libertadores da América deste ano ao superar a LDU por 2 a 0 na noite desta terça-feira, resultado que praticamente tira da próxima fase os atuais campeões continentais e deixa o time paulista vivo na briga por uma vaga nas oitavas-de-final.

Agora com sete pontos em cinco rodadas, a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo iguala os números dos líderes Colo Colo e Sport, no entanto, acumula um jogo a menos e ainda depende de uma combinação de resultados para evitar a eliminação no Grupo 1. Na rodada decisiva, o Palmeiras terá pela frente justamente os chilenos, precisando da vitória em Santiago, enquanto o outro representante brasileiro encara os equatorianos, que podem repetir o vexame ocorrido somente em 2007, quando o Internacional não passou aos mata-matas no ano seguinte ao inédito título.

Além de se manter na disputa, o time alviverde rompe uma escrita negativa que o perseguia nos jogos decisivos que faz no Palestra Itália. Além dos tropeços conhecidos neste ano, o Palmeiras amarga históricas eliminações na década quando atua em seu estádio, pressionado pelo resultado. Nesta noite, ainda convivendo com o trauma do último final de semana, a equipe teve dificuldades, mas construiu o resultado nos últimos 45 minutos de bola rolando.

Com a seqüência da má fase de Keirrison, que amarga longo jejum após encantar com muitos gols logo nos primeiros meses de clube, o Palmeiras teve dificuldades para romper a retranca equatoriana. Mas bastaram apenas 3min e uma falha do goleiro Cevallos para abrir o placar. Depois de cobrança de escanteio, Marcão aproveitou a saída errada do arqueiro rival e, mesmo desequilibrado, teve forças para empurrar para o fundo do gol.

Já aos 37min, quando as duas equipes já tinham um jogador a menos (com as expulsões de Marquinhos e Bolãnos por troca de empurrões), foi a vez de Diego Souza aproveitar falha de outro goleiro equatoriano e definir o placar. Acionado para substituir o titular, que estava lesionado, Domínguez não conseguiu segurar chute forte de Diego Souza em cobrança de falta e enterrou as chances de recuperação visitante no Palestra Itália.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 x 0 LDU

Gols
Palmeiras: Marcão, aos 3min, e Diego Souza, aos 37min do 2º tempo

Lances bizarros
Ida do goleiro reserva da LDU ao banheiro durante o andamento do primeiro tempo da partida. Sem autorização do quatro árbitro para deixar a área destinada aos suplentes, Dominguéz foi repreendido quando voltou dos vestiários

Pontos Fortes do Palmeiras
Pressão iniciada no início do segundo tempo, quando conseguiu o seu gol, e boa atuação do meia Diego Souza, que novamente foi o principal jogador de criação da equipe

Ponto Forte da LDU
Forte marcação realizada no meio-campo, impedindo os avanços de Cleiton Xavier e contendo a subida dos laterais palmeirenses

Pontos Fracos do Palmeiras
Desorganização no primeiro tempo e fraco poder ofensivo demonstrado para definir o duelo

Ponto Fraco da LDU
Dificuldade na criação de jogadas ofensivas e para explorar os contra-ataques nos espaços deixados pelo Palmeiras

Personagem do jogo
Diego Souza, do Palmeiras

Destaque negativo do jogo
Keirrison, do Palmeiras, que mais uma vez passou em branco e aumentou o jejum de gols e o nível das cobranças dos torcedores

Esquema Tático do Palmeiras
3-5-2
Marcos; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Fabinho Capixaba (Marquinhos), Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Amero; Lenny (Sandro Silva) (Wendel) e Keirrison; técnico: Vanderlei Luxemburgo

Esquema Tático da LDU
3-5-2
Cevallos (Dominguez); Campos, Norberto Araujo e Calle (Vera); Reasco, Espinoza, William Araujo, Bolaños e Vaca (Chila); Diego Calderón e Walter Calderón; técnico: Jorge Fosatti

Cartões Amarelos
Palmeiras: Lenny
LDU: Reasco, Calle, Cevallos e Norberto Araujo

Cartões Vermelhos
Palmeiras: Marquinhos
LDU: Bolaños

Árbitro
Jorge Larrionda (URU)

Público
17.035 pagantes

Renda
R$ 701.893,74

Local
Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)



Envolvido em polêmica com santista Domingos, Diego Souza volta a se destacar e marca o segundo gol do Palmeiras
Envolvido em polêmica com santista Domingos, Diego Souza volta a se destacar e marca o segundo gol do Palmeiras
Foto: Marcelo Pereira / Terra
Fonte: Terra
publicidade