PUBLICIDADE

Conmebol afirma que vai monitorar torcidas de Flamengo e Palmeiras na final da Libertadores

Entidade afirma que segurança privada ajudará polícias do Uruguai e do Brasil a organizar a partida decisiva da competição continental em Montevidéu

27 out 2021 16h06
| atualizado às 16h06
ver comentários
Publicidade

A Conmebol comunicou nesta quarta-feira (27) como será seu plano de segurança para a final da Copa Libertadores, entre Flamengo e Palmeiras, em Montevidéu (URU). De acordo com a entidade, para a partida que acontecerá no dia 27 de novembro, haverá monitoramento de caravanas de torcedores e também pontos de encontro na capital uruguaia a fim de controlar melhor o fluxo de público.

Estádio Centenário abrigará a decisão da competição em 27 de novembro (Foto: Reprodução / Twitter)
Estádio Centenário abrigará a decisão da competição em 27 de novembro (Foto: Reprodução / Twitter)
Foto: Lance!

- O critério geral é minimizar o contato entre os torcedores de clubes diferentes, seja nas rotas, nas fronteiras ou na cidade anfitriã - diz o comunicado.

A Conmebol afirmou que contratará serviços de segurança privada para ajudar a organizar a Copa Libertadores em conjunto com polícias do Brasil e do Uruguai. A polícia uruguaia ficará responsável pela vigilância e pelos controles das zonas exteriores de hotéis, campos de treinamento e as rotas de deslocamento das equipes, enquanto a segurança privada acontecerá nas áreas internas.

Em Montevidéu também haverá pontos de encontro dos torcedores, distantes um do outro. As autoridades acompanharão o trajeto dos locais até o estádio Centenário. O confronto acontecerá no dia 27 de novembro.

Lance!
Publicidade
Publicidade