6 eventos ao vivo

Levir pede Atlético-MG com postura de 'time grande' para semi com o Boa Esporte

Técnico deixa claro que espera ver sua equipe se impor neste sábado

29 mar 2019
16h54
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Levir Culpi exigiu, nesta sexta-feira, que o time do Atlético-MG tenha postura de "time grande", neste sábado, às 18 horas, em Varginha, diante do Boa, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro.

"Com certeza, eles (jogadores do time adversário) vão estar conectados. Nós também teremos de estar para igualar a disputa e tentar vencer com mais técnica. O Atlético vai ter de se impor. É time grande", disse o treinador, que só vai anunciar a escalação momentos antes do início da partida.

O comandante fechou os dois últimos treinos de preparação para o duelo, mas deixou transparecer que a escalação terá apenas uma mudança em relação ao time que eliminou o Tupynambás nas quartas de final. Testado como titular na quarta-feira, o atacante Maicon Bolt deve entrar no lugar de Terans.

Ao comentar a opção de fechar os treinamentos, Levir destacou, em entrevista coletiva, que é "difícil de esconder a escalação com vocês (jornalistas) por perto". "Todo mundo fica sabendo de uma maneira ou de outra", acredita.

Desta forma, o time atleticano deve ser escalado com Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison e Jair; Luan, Cazares e Maicon Bolt; Ricardo Oliveira.

GOLEADA NA ESTREIA É MINIMIZADA - As duas equipes que medem forças neste sábado se enfrentaram na primeira rodada do Campeonato Mineiro, em 20 de janeiro, e o Atlético goleou por 5 a 0. Levir não leva esse resultado em consideração para as semifinais.

"Não dá para ter um resultado anterior como referência para outra partida. Eu espero tudo. No futebol tudo muda muito rapidamente. Você pode ganhar um jogo por 5 a 0 e perder em seguida por 5 a 0", enfatizou o comandante.

Pensando no futuro, Levir gostaria muito que o Atlético conseguisse um bom resultado em Varginha para já poder pensar com mais tranquilidade na Copa Libertadores, competição na qual o time mineiro não realiza boa campanha.

"Um bom resultado pode nos trazer tranquilidade para as duas partidas seguintes (do Mineiro e da Libertadores). Poderíamos controlar o elenco e armar a equipe conforme nos interessa", disse Levir.

Depois do confronto com o Boa, o Atlético vai disputar a terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, na quarta-feira, diante do Zamora, no Mineirão. O jogo de volta com o Boa está marcado para o dia 7 de abril.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade