0

Kleina afirma que está no pior momento de sua história na Ponte Preta

13 jul 2017
16h21
  • separator
  • 0
  • comentários

A Ponte Preta perdeu para o Bahia por 3 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, na última quarta-feira, e o treinador Gilson Kleina reconheceu a má fase, já que o clube de Campinas não ganha há quatro rodadas no Campeonato Brasileiro e tem três derrotas nos últimos quatro jogos na competição.

"As coisas não aconteceram e, na minha história na Ponte, é o pior momento que estou passando. Eu acho que é hora de sentirmos isso e refletirmos sobre isso. Não tem como sair feliz de campo nem querer que o nosso torcedor não nos cobre, temos que ser maduros nesse sentido. Digo ao torcedor que vamos continuar e vamos reverter esse quadro. Jamais queríamos estar em uma situação dessas", afirmou o técnico de 49 anos.

Na próxima rodada, a Macaca irá até Porto Alegre enfrentar o Grêmio e Gilson Kleina planeja tentar mudar o ânimo de seus comandados. O treinador ainda falou que o time está vivendo uma transição após perder alguns jogadores importantes na campanha do vice-campeonato do Paulistão.

"Temos um jogo dificílimo pela frente, mas é justamente nesses momentos que temos que resgatar, mexer com o brio de todos, e temos condições de fazer bons jogos fora. Ainda não aconteceu uma vitória, são quatro jogos que não vencemos (no Brasileirão) e alguns fatores que estamos tentando ajustar", comentou.

"Perdemos jogadores importantes, fizemos uma troca e são jogadores que estão se adaptando à Ponte Preta. E estamos tendo que nos adaptar dentro de uma Série A, quando a equipe oscila, então nós sofremos com isso. Mas é hora de estarmos aqui: nunca fugi e não vai ser diferente agora. Vamos fazer de tudo para resgatar. Estamos atentos para tentar reforçar e não adianta eu fazer um discurso sobre o mercado, porque o torcedor não quer saber sobre isso. Estamos tentando trazer um jogador pontual", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade