0

Juve vence fora e garante vantagem na semi da Copa da Itália

30 jan 2018
20h02
atualizado às 20h16
  • separator
  • comentários

Pela partida de ida da semifinal da Copa da Itália, a Juventus venceu a Atalanta por 1 a 0 fora de casa e agora joga por um empate no dia 28 de fevereiro, em Turim, para ir à final. A outra semifinal, entre Milan e Lazio, será realizada nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília).

Foto: Getty Images

O Jogo - Sob uma forte névoa que dificultava muito a visibilidade por parte de torcedores e jogadores, Higuain abriu o placar logo aos três minutos de jogo. O camisa 9 invadiu a área, limpou o zagueiro a bateu no canto para deixar a Juve em vantagem.

Com o gol logo no início, os visitantes começaram a dominar a partida e chegaram a ter outra chance aos 10, com chute de longa distância de Douglas Costa.

Aos 23, na primeira chegada da Atalanta, a jogada de De Roon parou no braço de Benatia. O árbitro Paolo Valeri interrompeu a partida para consultar o vídeo e confirmou o pênalti a favor dos donos da casa.

Alejandro Gomez foi para a batida e não conseguiu converter. Buffon caiu para o canto esquerdo e encaixou a fraca cobrança do camisa 10 da Atalanta.

O domínio do time de Turim se manteve até o intervalo. Com mais posse de bola, a equipe ditava o ritmo do jogo e criava as melhores chances, principalmente com Mandzukic e Higuain.

Os mandantes começaram o segundo tempo apresentando um futebol melhor do que o jogado na primeira etapa, e colocavam mais intensidade na partida. A neblina, que atrapalhava muito as duas equipes, diminuiu bastante durante o intervalo e o jogo começou a melhorar.

A Atalanta cresceu no jogo e começou a ficar mais tempo com a bola nos pés, mas não conseguia criar chances de perigo. A Velha Senhora, por sua vez, passou a jogar recuada, esperando um erro do time da casa para ampliar o placar no contra-ataque.

Apesar do domínio, o time do brasileiro Rafael Toloi não conseguia furar o forte bloqueio bianconero. Aos 23, De Roon tentou de fora, mas a bola parou na defesa. Ilicic também arriscou aos 35, mas a bola desviou em Chiellini e saiu sem perigo. Os visitantes, nos poucos momentos que ficavam com a bola, procuravam gastar o tempo.

Aos 41, na melhor chance dos mandantes na partida, Buffon saiu do gol para fazer ótima defesa a queima roupa. No rebote, com a meta vazia, a defesa da Juve se recompôs rapidamente para acabar com a última esperança da Atalanta na partida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade