0

Jair evita 'caça às bruxas' e zela por união no Santos antes de clássico

3 mar 2018
08h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O Santos foi dominado e perdeu para o Real Garcilaso por 2 a 0 na estreia da Libertadores, no Peru. A forma como o Peixe foi derrotado causou a ira de vários torcedores e pedidos por alguns jogadores no banco de reservas, como David Braz, Renato, Vecchio e Copete. Internamente, porém, a ordem é de evitar a "caça às bruxas".

Na conversa com o elenco, Jair Ventura tem pedido para que não se perca a confiança. O técnico lembra das três vitórias consecutivas no Campeonato Paulista e, sem deixar de admitir que o time poderia ter jogado melhor em Cusco, frisa que a altitude foi fundamental para o resultado.

"Temos cinco jogos ainda. O passado é imutável. Nada que falarmos vai mudar o jogo. Estaremos juntos nas horas boas e, principalmente, nas horas ruins. Temos que nos fortalecer nesses momentos. Tem muita coisa boa pela frente nesse ano. Podem acreditar", disse Jair, em vídeo gravado pela Santos TV após a partida.

E para piorar (ou melhorar), o próximo adversário é o Corinthians, neste domingo, às 17h (de Brasília), no Pacaembu, pela décima rodada do Paulistão. A vitória pode ajudar a apagar a largada ruim na Libertadores. Mas se perder, uma crise pode ser iniciada na Vila Belmiro.

Alinhado ao discurso de Jair, Gabigol minimizou o resultado no Peru. O atacante afirmou que o grupo não pode se desesperar já na primeira rodada da competição continental.

"Na minha opinião, foi um resultado normal. Queríamos a vitória, mas jogar na altitude é complicado. Eles tês uma grande equipe e usaram isso a favor deles. Claro que não fizemos um grande jogo, mas vamos enfrentar eles. Temos cinco jogos pela frente. Nada de desespero", disse Gabriel, em entrevista à Fox Sports. 

O Santos terá casa cheia no clássico de torcida única no Pacaembu. Cerca de 34 mil ingressos foram vendidos até a noite de sexta-feira. Gabigol, suspenso, é desfalque certo. A comissão técnica analisará a condição física dos atletas em treinamento na tarde deste sábado, no estádio da capital paulista, para definir se alguém será preservado.

Uma provável escalação é: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota (Dodô); Alison; Arthur Gomes (Rodrygo), Renato (Léo Cittadini), Vecchio (Vitor Bueno) e Copete; Eduardo Sasha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade