1 evento ao vivo

Jair deve fazer apenas duas mudanças no Corinthians para enfrentar o Cruzeiro

Danilo Avelar e Douglas ganham nova chance no time titular para o duelo desta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão

13 nov 2018
18h11
atualizado às 18h11
  • separator
  • comentários

O técnico Jair Ventura comandou nesta terça-feira o último treino do Corinthians antes da partida contra o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h45, no estádio do Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para evitar desgaste físico, o treinador não realizou um trabalho tático e assim não confirmou a escalação da equipe.

A tendência é que ele faça apenas duas alterações em relação ao time que empatou com o São Paulo por 1 a 1 no último sábado. O lateral-esquerdo Carlos Augusto foi convocado para a seleção brasileira sub-20 e deixará a vaga para Danilo Avelar. O volante Ángelo Araos terá que cumprir suspensão por ter sido expulso no clássico e será substituído por Douglas.

Douglas participou normalmente da atividade em campo e demonstrou estar recuperado de um incômodo muscular. A única ausência foi o goleiro Walter, liberado para resolver problemas particulares. Ele deve ficar fora da lista de relacionados.

Depois de um aquecimento e um rápido trabalho em campo reduzido, Jadson, Fagner, Ralf, Léo Santos e Danilo deixaram o campo mais cedo para evitar maior desgaste. Em princípio nenhum deles apresentou problema físico. O Corinthians deve ir a campo com: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas e Jadson; Pedrinho, Danilo e Romero.

A delegação corintiana viaja na noite desta terça-feira para Belo Horizonte, onde reencontrará o adversário da final da Copa do Brasil. O Corinthians perdeu os dois jogos da decisão - 1 a 0, fora, e 2 a 1, em casa. No ano, será o quinto confronto entre as equipes. O time alvinegro venceu o duelo do primeiro turno por 2 a 0, dois gols de Romero. Também houve dois amistosos. Em um a equipe paulista venceu por 2 a 0 e no outro empatou por 2 a 2.

No duelo desta quarta-feira, a equipe de Jair Ventura chega pressionada por estar a apenas três pontos da zona de rebaixamento. Ao mesmo tempo, está confiante pelo bom jogo que teve contra o São Paulo. Mais cedo, Henrique também deixou bem claro que o elenco está indignado com a arbitragem no Campeonato Brasileiro. Segundo ele, o time poderia estar 11 pontos na frente da tabela.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade