0

Jael desencanta, e Grêmio bate Novo Hamburgo no Gauchão

24 fev 2018
21h03
atualizado às 21h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O Grêmio conquistou uma importante vitória na noite deste sábado, na Arena do Grêmio. Recebendo o Novo Hamburgo pela nona rodada do Campeonato Gaúcho, o Tricolor precisou de 27 segundos para abrir o placar com Thonny Anderson, que marcou o gol mais rápido da história da nova casa gremista.

Jael, jogador do Grêmio, comemora seu gol durante partida contra o Novo Hamburgo
Jael, jogador do Grêmio, comemora seu gol durante partida contra o Novo Hamburgo
Foto: Gazeta Press

Posteriormente, Michel anotou o segundo, e, de pênalti, Jael, que jamais havia balançado as redes vestindo as cores do clube, enfim, desencantou para garantir o triunfo dos donos da casa por 3 a 0.

Com o resultado, o Grêmio se aproximou do grupo dos oito primeiros colocados do Estadual, que se classificam à próxima fase da competição. Depois de iniciar o torneio com um time repleto de jovens da base, o Tricolor agora corre atrás do prejuízo com seu time profissional para tentar, enfim, voltar a erguer a tala do Gauchão, o que não acontece desde 2010.

O jogo - O time alternativo de Renato Gaúcho fez questão de provar ao treinador que também tem potencial para trazer alegrias ao torcedor gremista logo no primeiro minuto de jogo. Jael acionou Thonny Anderson de primeira na esquerda, que cortou o marcador de letra antes de bater no contrapé do goleiro rival, que nada pôde fazer senão torcer para a bola sair pela linha de fundo, o que não aconteceu.

Aos 12 minutos, Thonny Anderson mostrou novamente que seria um dos destaques do time neste sábado. O meia cobrou escanteio na cabeça de Michel, que, por sua vez, arrematou no travessão. Após não contar com a sorte no início da partida, o volante foi mais feliz aos 34, recebendo de Jael na pequena área e empurrando para o fundo das redes - foi a segunda assistência do centroavante gremista que resultou em gol.

No segundo tempo, Jael, que vinha trabalhando bem no ataque, mas sem fazer gols, quase acabou com o jejum. Aos 13 minutos o atacante recebeu bom cruzamento de Madson, pela direita, e cabeceou certeiro, porém, o goleiro Michel Alves estava ligado para fazer boa defesa e impedir o primeiro tento do camisa 9 em 2018.

Na reta final da partida, o Novo Hamburgo ainda tentou uma reação com Branquinho. Primeiro, aos 30 minutos, o atacante arriscou de longe e acabou carimbando o travessão de Paulo Victor. No minuto seguinte, o jogador que entrou para "incendiar" o segundo tempo exigiu boa defesa do goleiro gremista, em novo chute de fora da área. Como resposta, o Grêmio novamente mostrou eficiência, desta vez com Jael, que até então jamais havia balançado as redes como jogador tricolor. Aos 42, o camisa 9 cobrou o pênalti sofrido por Maicosuel e não desperdiçou a oportunidade, deslocando o arqueiro rival e garantindo o importante triunfo dos donos da casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade