9 eventos ao vivo

United tira invencibilidade do Watford e enfim engrena no Inglês

15 set 2018
15h28
atualizado às 15h31
  • separator
  • 0
  • comentários

O Manchester United tirou a surpreendente invencibilidade do modesto Watford no Campeonato Inglês, durante a tarde deste sábado. Jogando fora de casa, os comandados de José Mourinho seguraram o ímpeto dos anfitriões e venceram por 2 a 1.

Com a vitória, a segunda consecutiva na competição, os Diabos Vermelhos assumiram o oitavo lugar na tabela de classificação, com nove pontos. Já o Watford, que vinha de quatro triunfos seguidos e dividindo a liderança com Chelsea e Liverpool, caiu para o quarto lugar, com 12 pontos.

Pela sexta rodada do Campeonato Inglês, o United recebe o Wolverhampton no próximo sábado, às 11 horas (de Brasília), no Old Trafford. Mas antes, na quarta-feira, os Diabos Vermelhos visitam o Young Boys na Suíça, pela estreia na Liga dos Campeões.

O Jogo - Empurrado por sua torcida, o Watford teve a primeira boa chance. Aos 11 minutos, Fellaini saiu jogando errando após lançamento na área do United e perdeu a bola, que ficou com Troy Deeney. O atacante encheu o pé e exigiu grande defesa de David de Gea.

Fugindo de suas características, o Watford pressionava o time visitante e dava espaço para os contra-ataques. Organizados defensivamente, os Diabos Vermelhos foram melhorando durante o jogo. Até que, aos 35 minutos, Romelu Lukaku recebeu cruzamento à meia altura e desviou de barriga para abrir o placar.

Pouco depois, após cobrança de escanteio pela direita, Fellaini ajeitou de cabeça para Smalling dominar com o peito e finalizar com a bola ainda no ar, marcando um golaço em Watford. Ainda antes do intervalo, Paul Pogba teria feito o terceiro do United não fosse grande defesa de Foster.

O Watford voltou para a etapa complementar com a mesma proposta de agredir o United. E a insistência dos mandantes surtiu efeito. Aos 19 minutos, após boa trama pela esquerda, Andre Gray recebeu na marca do pênalti e bateu de primeira, sem chances para De Gea.

Aos 32 minutos, o Manchester quase ampliou. Em rápido contra-ataque, Valencia arrancou pela esquerda e acionou Lukaku no meia. O belga passou de primeira, procurando Alexis Sánchez, mas o chileno foi travado pelo defensor na hora do chute.

Mourinho, para reforçar a marcação, colocou Martial e Scott McTominay nas vagas de Lingard e Sánchez, respectivamente. No último minuto, De Gea assegurou o segundo triunfo seguido do United na competição com uma defesa salvadora em cabeceio de Kabasele, após cobrança de falta pela direita.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade