5 eventos ao vivo

Porto aproveita tropeço do Benfica, bate Paços de Ferreira e se isola na liderança do Português

29 jun 2020
19h14
atualizado às 19h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Porto está muito próximo da 29ª conquista do Campeonato Português. Nesta segunda-feira, os Dragões aproveitaram a derrota do Benfica para o Marítimo e venceram o Paços Ferreira por 1 a 0, em partida válida pela 29ª rodada da competição. Agora, a equipe do técnico é líder com 70 pontos conquistados, seis a mais que o grande rival.

No Estádio da Capital do Móvel, o Porto abriu placar com apenas sete minutos de partida. Alex Telles cobrou escanteio pela direita e o goleiro Ricardo Ribeiro tentou cortar, mas a bola sobrou no meio da área para o zagueiro Mbemba, que chutou de primeira com o pé direito para balançar as redes.

Com a vantagem no marcador, o time visitante administrou o resultado durante o restante do confronto e conseguiu os importantes três pontos. O Paços de Ferreira chegou a reclamar de dois pênaltis, ambos por um suposto toque de mão na bola, mas o árbitro Luis Godinho deixou o jogo seguir.

Ao contrário do rival desta terça-feira, o Paços de Ferreira se encontra na parte de baixo da tabela da Liga NOS. Os Castores Pacenses estão na 13ª colocação, com 31 pontos.

O Paços de Ferreira retorna aos gramados no sábado para enfrentar o Vitória de Setúbal, fora de casa, em mais uma partida do Campeonato Português. Já o próximo jogo do Porto será contra o Belenenses, no domingo, no Estádio do Dragão.

Benfica sofre com a velocidade de Nanu

Antes do Porto vencer o Paços de Ferreira, o Benfica entrou em campo diante do Marítimo em busca de uma recuperação, já que perdeu em casa para o Santa Clara na última terça-feira. A expectativa, no entanto, não se concretizou, e as Águias acabaram perdendo por 2 a 0 para o time mandante.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Marítimo abriu o placar aos 29 minutos da segunda etapa. Em um rápido contra-ataque, o lateral-direito Nanu fez uma grande jogada, passou por dois jogadores do Benfica e tocou na pequena área para Jorge Correa estufar as redes do goleiro Vlachodimos.

Nanu se consagrou como o homem do jogo quatro minutos depois. Em mais uma jogada individual de velocidade, o lateral-direito arrancou do meio-campo até a área e chutou cruzado. A bola iria para fora, mas o atacante Rodrigo Pinho complementou para o gol na segunda trave.

Veja também:

Saiba o que seu clube precisa na última rodada da Taça Rio
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade