0

Polícia italiana denuncia irregularidades na prova feita por Suárez para conseguir passaporte

22 set 2020
08h55
atualizado às 08h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A polícia da Itália revelou nesta terça-feira que investiga um suposto esquema de fraude na prova de italiano feita pelo atacante Luis Suárez na última quinta-feira, como parte do processo para a obtenção do passaporte italiano.

Segundo o jornal Marca, os responsáveis pela aplicação do exame avisaram com antecedência o jogador sobre quais perguntas seriam feitas, e que ele já até teria em mãos uma prova previamente corrigida e aprovada.

A investigação tem como evidência falas dos examinadores, gravadas em sigilo, nas quais eles afirmam: "Me diga que nota eu dou e pronto"; "Se você não aprovar, eles botam uma bomba em nós"; "Nós o preparamos bem, ele já memorizou parte do exame".

Se comprovado o esquema, os funcionários serão julgados por crimes de divulgação de segredos de ofício e falsidade ideológica. A Universidade para Estrangeiros de Perugia, na Itália, responsável pela aplicação da prova, reafirmou "a veracidade e transparência dos procedimentos seguidos, e confia que isso ficará claro ao final das investigações em andamento".

Fora dos planos do Barcelona, Suárez planejava conseguir o passaporte para facilitar sua transferência para a Juventus. Em meio à nova polêmica, é possível que o negócio caia por terra, por conta da falta de tempo para conseguir a documentação exigida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade