PUBLICIDADE

Neymar volta a ser alvo do Chelsea após recusar proposta do clube inglês em 2010; relembre a situação

Astro brasileiro é colocado na rampa de saída do Paris Saint-Germain e os Blues já teriam entrado em contato pelo jogador

2 jul 2022 - 08h31
(atualizado às 08h31)
Ver comentários

Neymar pode estar de saída do Paris Saint-Germain nesta janela de transferências. O Chelsea aparece como um possível destino. Esta, porém, não é a primeira vez que os Blues buscam uma negociação com o astro brasileiro. O clube inglês fez uma proposta pelo jogador em 2010, quando ainda era do Santos.

Neymar recusou o Chelsea em 2012, quando jogava pelo Santos (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Neymar recusou o Chelsea em 2012, quando jogava pelo Santos (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Foto: Lance!

Na ocasião, o Santos divulgou uma nota informando que havia recusado a oferta do Chelsea por Neymar. Os valores não foram divulgados oficialmente, mas a imprensa europeia apontava que os Blues ofereceram 20 milhões de euros (R$ 46 milhões, na cotação da época) pela compra do brasileiro.

A proposta foi feita em julho de 2010. Na época, Neymar tinha 18 anos e foi destaque da equipe no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil. O jogador era apontado como uma das maiores revelações do futebol brasileiro e o Santos só iria aceitar uma saída do atacante se o Chelsea pagasse a multa rescisória, que era de 81 milhões de reais.

Agora, 12 anos depois, Neymar volta a ser sondado pelo Chelsea. O Paris Saint-Germain está disposto a ouvir propostas pelo jogador e os Blues é um dos poucos clubes com condições de bancar uma possível chegada do astro brasileiro.

Neymar tem contrato com o Paris Saint-Germain até 2025 e o clube ativou uma cláusula para ampliar até 2027. O salário do astro brasileiro é considerado um empecilho para grandes equipes em sua contratação. Porém, o novo dono do Chelsea, Todd Boehly, quer um nome de peso para o início de seu projeto.

O Paris Saint-Germain passa por um processo de reformulação e vê Mbappé ser o protagonista do projeto para a próxima temporada. Neymar estaria insatisfeito com a postura da diretoria da equipe que não coloca o brasileiro como prioridade no elenco.

Lance!
Publicidade
Publicidade