PUBLICIDADE

Newcastle diminui verba para janela de inverno e deve gastar menos da metade que foi dito inicialmente

Clube inglês teria aporte financeiro de cerca de R$ 1,5 bilhão, mas gestores da equipe não querem tomar decisões precipitadas temendo arrependimento no futuro

17 out 2021 12h16
ver comentários
Publicidade

Recém-comprado pelo o Fundo de Investimentos Públicos da Arábia Saudita (PIF), o Newcastle já sabe quanto poderá gastar na janela de transferências do inverno europeu, em janeiro. De acordo com a imprensa inglesa, os Magpies poderão investir até 60 milhões de euros (R$ 379 milhões).

Mohammed bin Salman é o líder por trás do Fundo de Investimentos Públicos da Arábia Saudita, o PIF (Foto: AFP)
Mohammed bin Salman é o líder por trás do Fundo de Investimentos Públicos da Arábia Saudita, o PIF (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Inicialmente, esperava-se que o clube alvinegro pudesse gastar mais de 200 milhões de libras (R$ 1,5 bilhão), mas os novos gestores da equipe não querem tomar decisões precipitadas que possam comprometer o clube no futuro. A informação é do jornal "Telegraph".

Apesar do montante mais baixo estar previamente definido, existe a chance de mais investimento. Para isso acontecer, porém, será necessário que o Newcastle esteja em situação crítica no Campeonato Inglês, correndo risco de rebaixamento. Atualmente, o clube está na zona de rebaixamento.

Até o momento, o Newcastle observa o mercado e dois nomes despontam como favoritos para receberem proposta em janeiro. O primeiro é o atacante Mariano Díaz, do Real Madrid, enquanto o segundo é o meio-campista Adrien Rabiot, da Juventus.

Lance!
Publicidade
Publicidade