PUBLICIDADE

Uefa revela seleção da Liga dos Campeões com Neymar e domínio do Chelsea

Bicampeão do torneio tem sete dos 11 titulares; o camisa 10 do PSG aparece ao lado de Marquinhos e Ederson

31 mai 2021 15h31
| atualizado às 15h31
ver comentários
Publicidade

Dois dias após conquistar o bicampeonato da Liga dos Campeões, o Chelsea dominou a seleção da competição, com sete de seus 11 titulares indicados entre os 23 eleitos entre os melhores. Eliminado na semifinal, o brasileiro Neymar figura entre os "convocados" da Uefa, ao lado dos compatriotas Marquinhos e Ederson.

A seleção da Liga dos Campeões conta com escolhas entre oito equipes, mas metade dos eleitos são de Chelsea, com sete indicações, e outros cinco do vice-campeão Manchester City. Além dos brasileiros, o Paris Saint-Germain ainda teve Mbappé na lista. Real Madrid, Bayern de Munique, Barcelona, Porto e Borussia Dortmund também tiveram representantes.

Não houve uma escalação dos 11, então o torcedor pode pegar os 23 escolhidos por um júri especializado de observadores técnicos da Uefa e fazer seu time ideal. A seleção foi montada nos moldes de Copa do Mundo, com três goleiros e opções em todos os setores.

Não faz muito tempo, Neymar falou que desistiu de ser lembrado para o prêmio dos melhores do mundo da Fifa, após ser preterido em eleição que consagrou Lewandowski como o melhor do mundo. Mas na Uefa o brasileiro segue prestigiado e aparece entre os melhores.

Ele sabe, contudo, que na Europa os campeões de suas competições serão sempre mais valorizados. A prova vem das sete escolhas dos jogadores do Chelsea. Curiosidade na lista dos escolhidos é que nenhum dos seis atacantes eleitos disputou a decisão de sábado.

Confira os 23 escolhidos na seleção da Liga dos Campeões e monte seu time ideal:

Goleiros

Courtois (Real Madrid)

Ederson (Manchester City)

Mendy (Chelsea)

Defensores

Azpilicueta (Chelsea)

Rúben Dias (Manchester City)

Marquinhos (PSG)

Rüdiger (Chelsea)

Chilwell (Chelsea)

Alaba (Bayern de Munique)

Meio-campistas

Jorginho (Chelsea)

Mount (Chelsea)

De Bruyne (Manchester City)

Kanté (Chelsea)

Gundogan (Manchester City)

Modric (Real Madrid)

Sérgio Oliveira (Porto)

Foden (Manchester City)

Atacantes

Haaland (Borussia Dortmund)

Mbappé (PSG)

Lewandowski (Bayern de Munique)

Benzema (Real Madrid)

Neymar (PSG)

Messi (Barcelona)

Estadão
Publicidade
Publicidade