6 eventos ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Pochettino mantém otimismo no Tottenham: 'Vivemos um sonho e tudo pode acontecer'

Técnico garante não jogar a toalha diante do Ajax, que venceu o primeiro jogo na Inglaterra por 1 a 0.

7 mai 2019
16h32
atualizado às 16h32
  • separator
  • 0
  • comentários

A derrota por 1 a 0 sofrida na terça-feira passada, em Londres, não desanima o técnico Mauricio Pochettino, do Tottenham, para o confronto decisivo desta quarta, às 16 horas (de Brasília), em Amsterdã, diante do Ajax, pela volta das semifinais da Liga dos Campeões.

"Precisamos acreditar. Estamos vivendo um sonho e tudo pode acontecer", disse o treinador argentino, em entrevista coletiva nesta terça. Ele busca garantir a equipe londrina pela primeira vez na final da principal competição interclubes da Europa.

"O resultado negativo no jogo de ida não torna nossa missão mais difícil nesta quarta-feira. A eliminatória está aberta. Sabemos que necessitamos ganhar e jogar em nosso melhor nível. Estamos vivendo um momento emocionante", disse Pochettino, que poderá contar com o sul-coreano Son, após cumprir suspensão, além de ter à disposição o atacante argentino Lamela e o defensor belga Jan Vertonghen, recuperados de lesão.

"O Ajax esteve muito bem nos primeiros trinta minutos em Londres. Tem um conjunto, jogadores e técnico muito bons. Eles merecem todo o crédito por estarem aqui", afirmou Pochettino, que, independentemente do resultado desta quarta-feira, demonstrou estar satisfeito com o progresso do Tottenham desde que assumiu o comando da equipe em 2014.

"Há cinco anos a prioridade era reduzir a distância com os quatro de cima (no Campeonato Inglês). E depois buscar a classificação para a Liga dos Campeões, chegar nas oitavas. E agora estamos na semifinal. Ninguém acreditava que pudéssemos jogar a Champions três vezes consecutivas. Agora temos de desfrutar deste momento e acreditar", afirmou o treinador, que considera uma vantagem chegar para estas semifinais sem tanta responsabilidade. "Teremos uma partida emocionante nesta quarta-feira. Precisamos ter a sensação de liberdade, porque não temos o que perder."

No Inglês, o Tottenham é o quarto colocado, com 70 pontos, três a mais que o Arsenal, quinto na tabela, a uma rodada do fim do campeonato. Caso as duas equipes terminem empatadas em pontos, o Arsenal vai precisar tirar um saldo de oito gols a favor do rival londrino (28 a 20) para ficar com a quarta posição.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade