1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

'Lutaremos como loucos', avisa Klopp sobre chance de eliminação do Liverpool

Equipe inglesa precisa de pelo menos um empate para se classificar

9 dez 2019
21h28
atualizado às 21h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, preparou o time para enfrentar uma atmosfera de decisão contra o RB Salzburg, nesta terça-feira, na Áustria, pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Atual campeão europeu, o time inglês, que soma dez pontos na liderança no Grupo E, precisa de um empate para avançar às oitavas de final.

Com sete pontos e na terceira colocação da chave, os austríacos se classificam com uma vitória simples e, dependendo do resultado de Napoli e Genk, da Bélgica, no estádio San Paolo, em Nápoles, podem eliminar o Liverpool. Os italianos estão com nove pontos e ocupam o segundo lugar.

"O Salzburgo ficou muito feliz por ter vencido o Genk na última partida e por empatarmos com o Napoli, para que eles tenham uma final contra nós. Sabemos disso há duas semanas e estamos preparados. O Salzburgo precisa vencer o Liverpool. É possível e eu gosto disso. Ainda somos ambiciosos e lutaremos como loucos", avisou Klopp, em entrevista coletiva pré-jogo, já em Salzburgo.

Apenas uma equipe campeã na história da Liga dos Campeões foi eliminada logo na primeira fase. Isso aconteceu com o Chelsea na temporada 2012-2013, que não se classificou às oitavas de final em um grupo em que avançaram Juventus e Shakhtar Donetsk.

"O Salzburgo lutou por anos para entrar na Liga dos Campeões e sabe que eles têm uma grande chance de estar na fase eliminatória, mas isso causa medo e agora é uma questão de quem pode superar melhor o medo", filosofou o treinador do Liverpool. "Não estou nervoso, mas tenso. Se algo é importante, você deseja alcançá-lo, mas, ao longo dos anos, você aprende que não morrerá se isso não acontecer."

Klopp fez um alerta aos jogadores de que é necessário uma concentração ainda maior neste momento de jogos decisivos. A equipe entra em campo nesta terça-feira, depois no sábado para enfrentar o Watford, pelo Campeonato Inglês, e, em seguida, viaja para o Catar, onde vai disputar o Mundial de Clubes da Fifa. A estreia será dia 18 de dezembro.

"Espero que possamos fazer o melhor jogo possível. Precisamos ter uma concentração ainda maior porque estamos no período mais intenso de nossas vidas", afirmou o técnico alemão.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade