1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Lucas festeja atuação épica contra o Ajax: 'Maior momento da minha carreira'

Brasileiro marcou os três gols em vitória do Tottenham por 3 a 2, pela semifinal da Liga dos Campeões

8 mai 2019
19h26
atualizado às 19h26
  • separator
  • 0
  • comentários

Lucas Moura considerou sua atuação diante do Ajax, nesta quarta-feira, em Amsterdã, "o maior momento de sua carreira". Autor dos três gols na histórica virada do Tottenham, que garantiu a primeira final do time inglês na história da Liga dos Campeões ao superar o rival holandês por 3 a 2, o atacante também fez questão de dividir o mérito de sua grande atuação com os seus companheiros de equipe.

"Quero agradecer meus companheiros. Não sou só eu o responsável por esta vitória. Trata-se de um trabalho coletivo. Somos uma família. Difícil descrever o que sinto. Tenho orgulho de fazer parte deste time", disse Lucas Moura, extenuado, após a partida. "É um presente de Deus, que vou dividir com minha família e amigos."

O ex-jogador do São Paulo destacou o grande trabalho feito também pelo adversário. "É muito difícil jogar aqui contra o Ajax. Eles possuem um time muito bom e sempre jogam muito bem", afirmou. "Mas o futebol é fantástico e nos proporciona momentos como este."

Lucas Moura ressaltou que, apesar da derrota da semana passada em Londres, a equipe não perdeu as esperanças de obter a classificação na Holanda. "Sempre acreditamos. E demos tudo que podíamos em campo. Merecemos este resultado pela nossa luta."

O meia Eriksen não poupou elogios ao brasileiro. "Falar o quê do Moura? Ele merece tudo isso. Passou por uma gangorra (em sua trajetória no Tottenham) e sempre lutou muito. Acho que tinham de fazer uma estátua em Londres para ele. Hoje, o time foi coração e Moura."

O técnico Mauricio Pochettino, que vai ser o quinto argentino a comandar uma equipe em final de Liga dos Campeões, também destacou a atuação do atacante brasileiro. "Todos os jogadores foram heróis, mas o Moura foi um super-herói", enfatizou.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade