PUBLICIDADE

Diretor de futebol descarta saída de Cristiano Ronaldo: 'O futuro da Juventus'

Astro português foi alvo de críticas após a eliminação precoce da Liga dos Campeões; Real Madrid teria interesse de recomprá-lo

14 mar 2021
15h53 atualizado às 15h53
0comentários
15h53 atualizado às 15h53
Publicidade

Em meio às críticas que tem recebido nos últimos dias, Cristiano Ronaldo está com a moral alta nos bastidores da Juventus. Diretor de futebol da 'Velha Senhora', o ex-jogador italiano Fabio Paratici não só minimizou os boatos de uma eventual saída do astro português, como o garantiu como 'futuro' da equipe.

As discussões sobre o papel de Ronaldo dentro da Juventus começaram a ganhar força depois do tropeço do clube italiano para o Porto, no meio de semana, sendo eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Campeã das últimas nove edições do Campeonato Italiano, a equipe de Turim está perto de ter sua marca quebrada, já que a Internazionale lidera a tabela com certa vantagem. Este é mais um argumento usado por aqueles que contestam o protagonismo de CR7.

Presidente da Juventus entre 2006 e 2009, Giovanni Cobolli Gigli chegou a sugerir que a equipe abrisse mão do atacante português. E, de fato, essa poderia ser uma possibilidade. Segundo o jornal espanhol AS, o Real Madrid teria interesse em repatriar Ronaldo, mas os valores teriam de ser reduzidos, o que travaria a negociação. O periódico disse ainda que o jogador tem sim interesse em voltar.

"Me dá vontade de rir", disse Paratici quando perguntado sobre uma suposta insatisfação de CR7 na Juventus. "Na minha carreira eu nunca pensei que ouviria debates sobre Cristiano Ronaldo. Ele é o artilheiro da competição. Ele ganhou a Bola de Ouro cinco vezes. É um privilégio contar com ele. Sem dúvida nenhuma, ele representa o futuro da Juventus", completou o dirigente.

Os comentários de Paratici só reforçam o que Andrea Pirlo, técnico da Juvetus, disse neste sábado. O comandante também saiu em defesa do astro português e ainda elogiou suas marcas com a camisa italiana.

Estadão
Publicidade
Publicidade