PUBLICIDADE

Antes do clássico, Laporta apela para torcida do Barcelona 'voltar ao Camp Nou'

Desde a liberação do retorno total do público na Espanha, foram dois jogos e menos de 50% de presentes em ambos

21 out 2021 16h01
| atualizado às 16h01
ver comentários
Publicidade

O Camp Nou é o quarto maior estádio do planeta em capacidade. São 99.354 lugares disponíveis e, antes da saída de Messi e da pandemia de covid-19, vivia lotado. Desde a liberação do retorno total do público na Espanha, foram dois jogos e menos de 50% de presentes em ambos. No domingo o time recebe o arquirrival Real Madrid e o presidente Juan Laporta faz apelo para que o público volte a prestigiar a equipe no clássico.

O presidente sabe que o time vem devendo boas apresentações e resultados. Mas somente com o aumento das receitas terá condições de buscar reforços de alto quilate para resgatar o time vencedor de outros anos. E essa é a tônica de seu apelo para os torcedores voltarem em massa ao Camp Nou.

"Precisamos dos fãs. Primeiro para os jogadores, porque necessitam do seu apoio, dos seus gritos de incentivo. Vocês precisam acompanhá-los até a vitória. E depois para o clube, porque quanto mais público e vida o estádio tem, mais receita ele gera", implorou Laporta. "Além do fato que seria muito bom ver novamente as assistências que tivemos no estádio antes do Covid-19."

No domingo passado, diante do Valencia, pelo Campeonato Espanhol, foram registradas 47.317 pessoas no estádio. O público foi considerado decepcionante e os dirigentes do Barcelona resolveram oferecer diversos descontos em bilhetes para o duelo com o Dínamo de Kiev, na quarta-feira.

Para espanto de Laporta, mesmo com redução de preços, a procura foi ainda mais baixa e "somente" 45.968 torcedores acompanharam a primeira vitória na Liga dos Campeões após duas derrotas. Com o 1 a 0 e a derrota do Benfica para o Bayern de Munique, o time catalão voltou a depender somente de suas forças para avançar.

"A pandemia acostumou as pessoas a não frequentarem estádios. É difícil que alguns hábitos sejam retomados tão rápido, mas aos poucos as pessoas vão ficando mais seguras e os órgãos de saúde controlando essa doença. Acredito que em breve vamos voltar a ter nosso estádio cheio", espera Laporta.

O Barcelona está no sétimo lugar do Campeonato Espanhol, com 15 pontos. Ganhando do rival, que está em segundo, com 17, o ultrapassaria. Laporta clama pelo público crente em uma vitória no domingo. As recuperações de lesão de Ansu Fati e Agüero aumentam sua confiança em dias melhores.

Estadão
Publicidade
Publicidade