PUBLICIDADE

Turquia é letal no ataque e bate a França; Itália e Alemanha também vencem

8 jun 2019 17h48
| atualizado às 17h48
ver comentários
Publicidade

Atual campeã mundial, a França decepcionou e perdeu a chance de se isolar na liderança do Grupo H das Eliminatórias da Eurocopa. Neste sábado, jogando na Torku Arena, em Konya, os comandados de Didier Deschamps saíram de campo derrotados por 2 a 0 pela seleção da Turquia. Letal no primeiro tempo, a equipe turca marcou com Ayhan e Under.

Com o revés sofrido, a França estacionou nos seis pontos, mas segue na liderança do Grupo H. Agora, porém, tem Turquia e Irlanda com o mesmo número de pontos.

Depois da derrota deste sábado, a França terá pouco tempo para se recuperar, já que volta a campo na próxima terça-feira, novamente pelas Eliminatórias da Eurocopa, para enfrentar Andorra. No mesmo dia, a Turquia irá medir forças com a Islândia fora de casa pelo Grupo H.

O JOGO

Início morno, controle francês e gol…da Turquia

Quem esperava um início de partida intenso, principalmente da França, teve de se contentar com primeiros minutos bem pouco movimentados e de um jogo morno. Apesar do controle, os atuais campeões mundiais nem de longe acumularam chances perdidas, porque sequer as criou, salvo alguns momentos de individualidade de Griezmann e Mbappé.

Do outro lado, a Turquia se mantinha fiel a sua proposta de buscar os espaços na defesa francesa. E foi assim que abriu o placar aos 30 minutos. Após levantamento para área, Kaan Ayhan testou à queima roupa, deixou Lloris vendido na jogada e abriu o placar na Torku Arena, em solo turco. Dez minutos depois foi a vez de Under ampliar, após passe em profundidade.

Atrás no placar, a França se lançou ao campo de ataque já nos minutos finais da primeira etapa, mas ainda assim encontrou dificuldades para achar espaços. Tanto que a melhor chance foi novamente da Turquia, que por pouco não fez 3 a 0 com Demiral em cabeceio.

França tenta, mas não sai do lugar e perde para a Turquia

De volta para o segundo tempo, Didier Deschamps promoveu duas mudanças a fim de deixar o time da França mais ofensivo: Coman e Mendy nos lugares de Matuidi e Digne. As trocas, no entanto, surtiram pouco efeito, já que a finalização seguiu sendo um problema. O exemplo da ineficiência se deu em boa jogada individual de Griezmann, que no momento do chute viu o zagueiro da Turquia afastar.

Apesar de estar na frente do placar, a Turquia não abdicou completamente do jogo e criou uma ótima chance de gol aos 25 minutos. Em chute de longa distância, Mahmut Tekdemir testou Lloris, que fez grande defesa e espalmou para escanteio. Depois, em nova estocada aos 41, Yilmaz ficou em plenas condições de marcar, mas finalizou para fora da meta.

Itália e Alemanha também vencem

Também pelas Eliminatórias da Eurocopa, Itália e Alemanha fizeram o papel esperado e venceram Grécia e Bielorrusia, respectivamente. Enquanto os italianos fizeram 3 a 0 (Barella, Insigne e Bonucci) e se isolaram na liderança do grupo J, os campeões mundiais em 2014 também triunfaram com autoridade: 2 a 0 (Leroy Sané e Marco Reus).

Confira os outros resultados das Eliminatórias da Eurocopa:

Bélgica 3 x 0 Cazaquistão

Escócia 2 x 1 Chipre

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade